Prometeu Acorrentado

A história de prometeu acorrentado é uma tragédia grega do dramaturgo Ésquilo, o mesmo escrevia peças de tragédias famosas na Grécia antiga com uma simbologia de mensagem importante, o surgimento da racionalidade e a intelectualidade, intelectualidade essa revelada pela busca e o uso do fogo, busca que levou ao nome da mitologia: “Prometeu acorrentado”. Prometeu foi considerado o conhecedor das ciências e das artes e o grande criador da humanidade, o titã foi responsável pelo desenvolvimento do homem.

O castigo de Zeus a prometeu perpassa a história e é contada até hoje. Vamos conhecer um pouquinho dessa então tragédia grega?

O COMEÇO DE TUDO….

 Na mitologia grega prometeu era um titã, durante a guerra dos titãs, prometeu não se opôs a Zeus, e por esse fato, escapou de ser preso no chamado “tártaro”, com o fim do conflito, o deus dos deuses concebeu uma missão para prometeu e seu irmão Epimeteu para que ambos fossem responsáveis pela criação dos animais, criaturas que fariam parte da terra.

Epimeteu estudava e moldava todo tipo de espécie, enquanto seu irmão ficava responsável por avaliar todo processo de produção, e com isso, houve a ideia de dar aos animais talentos, para as aves foi dada a capacidade de voar pelos céus, o elefante foi dado à força, a coragem, e assim sucessivamente.

E a partir da criação dos animais, a criação humana de alguma maneira foi deixada para trás, prometeu queria fazer algo especial, depois de algum tempo, os irmãos começaram a moldar o homem através do barro e a partir da criação se deram conta que todos os talentos já foram gastos com as criaturas, nessa situação, prometeu teve a ideia de apresentar sua escultura de homem de barro a Atena que se encanta com o ser criado e decide abençoá-lo com um sopro divino, e com isso, surgiu à humanidade.

Mas calma, nem tudo foi tão tranqüilo, prometeu não satisfeito com a sua criação, buscou algo para que o homem criado se destacasse dentre os outros seres, como os animais, o homem feito de barro tinha um andar estranho e cheio de pelos, moravam em cavernas escuras e fugiam de toda espécie de animais.

Prometeu foi buscar uma luz com Atena, o que ele deveria fazer em tal situação, e a mesma o aconselhou a presentear o homem com o fogo, prometeu durante a noite dirigi-se ao carro do sol que estava estacionado esperando o amanhecer, e assim acende a tocha, tocha essa que seria entregue ao homem, a humanidade.

Após ter o domínio do fogo, o homem passou a evoluir rapidamente, armas e ferramentas foram pensadas e criadas, e com isso, a humanidade aos poucos vai adentrando a natureza e a dominando, e com esse fato, prometeu estava super satisfeito, e era visto como um benfeitor da humanidade, mas Zeus não gostou nada do desenvolvimento dos homens, e decreta que os mesmos deveriam honrar os deuses oferecendo sacrifícios, prometeu intercede em nome da sua criação para evitar que os mesmos sejam explorados e criou um plano para “amolecer’ Zeus, mas não deu certo.

Zeus percebendo que foi enganado fica furioso e decide retirar o fogo das mãos do homem, e assim, os mesmo começaram a regredir, voltaram à escuridão e o frio, e não podiam mais se alimentar.

Prometeu indignado com a situação, decide roubar novamente o fogo sagrado e o devolver ao homem, e novamente conquistar o desenvolvimento da humanidade, mas as chamas durante a noite chamaram a curiosidade de Zeus, o mesmo fica furioso ao perceber que o fogo estava com o homem novamente.

E assim, decide que prometeu não ficaria impune pela sua desobediência e o aprisiona em um rochedo em pé com correntes indestrutíveis junto com uma terrível ave responsável por devorar seu fígado todos os dias ocasionando dores, como prometeu era um Deus imortal, mesmo comendo o fígado, o órgão regenerava a cada dia para ser novamente devorado no dia seguinte, prometeu permaneceu por muitos anos da sua existência aprisionado, os deuses iam visitar o titã com o seguinte pedido: “ Peça perdão a Zeus, só assim ele te soltará.” Mas prometeu continuo irredutível.

Zeus desceu a terra e ofereceu a liberdade com a proposta que prometeu escondesse do ser humano o domínio do fogo, em favor da humanidade, prometeu recusa tal oferta e decide se sacrificar, séculos e séculos preso, até que Hercules, um herói da mitologia, apareceu e matou a terrível ave e soltou as correntes que prendiam Prometeu.

Veja ainda: Xintoísmo e Teoria do Conhecimento (Gnosiologia)

MITOLOGIA GREGA E PROMETEU ACORRENTADO

Prometeu continua sendo um importante representante da história da humanidade na mitologia grega. O titã foi responsável pela criação de toda espécie humana, na terra não havia rastros de qualquer homem, apenas animais e plantas, animais criados por ele, foi quando surgiu à ideia de criar o homem em barro, e Atena, admirada com tal criação, deu o sopro divino.

Com esse fato, prometeu ensinou aos homens o oficio da carpintaria e através disso garantiu que tivessem o básico para sobreviver, mas percebeu que faltava algo e teve a ideia de roubar o fogo como símbolo do conhecimento racional e intuitivo.

Zeus sabendo de toda a situação irritou-se com a evolução surpreendente da humanidade e resolveu vingar-se dos homens e principalmente de prometeu.

Como castigo aos homens, enviou Pandora e com ela todas as maldades existentes no mundo, enquanto, prometeu ficou acorrentado por séculos.

Recomendamos: Giordano Bruno e Sofisma

OUTRAS VERSÕES….

Há algumas versões de prometeu acorrentado que indica que prometeu não enganou Zeus roubando-lhe o fogo, fogo esse que segundo a história já era possuído pelos homens.

De acordo com a versão, prometeu levou Zeus para comer carne, mas o enganou oferecendo apenas ossos, com a situação, Zeus resolveu castigá-lo e tirou o fogo da humanidade, e assim, em outro momento, foi roubado por prometeu novamente. Zeus o prende, e nessa versão quem o salva não foi Hercules e sim um centauro chamado Quíron, matando a águia com um flecha certeira, depois de libertado, prometeu torna-se um Deus através da imortalidade oferecida por Quíron, pois o mesmo tinha sido atingido por um flecha envenenada por Herácles e desejava sair do sofrimento e dor eterna e morrer para descansar.

ANÁLISE

Prometeu passa uma mensagem de força, teimosia, e resistência, e além de tudo, o despertar da criação da humanidade e tudo o que podia ser conquistado pela mesma através da intelectualidade e o modo de fazer as coisas.

 A criação do homem os levou ao desenvolvimento os tornando consciente e esclarecidos do ser e do mundo.

O fogo é a luz que ilumina o caminho e o consciente da humanidade, no sentido de torná-las conscientes do desenvolvimento e das descobertas que poderiam fazer.

Veja também:

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.