Erasmo de Roterdã

Erasmo de Roterdã foi considerado o estudioso mais brilhante da Europa, nasceu no dia 28 de outubro de 1466, em Roterdã, e veio a falecer em 12 de julho no ano de 1536, na suíça.  Além de um grande estudioso, foi escritor, filósofo, e humanista neerlandês, é considerado um dos principais escritores da literatura e do humanismo renascentista. Para ele a verdadeira filosofia é uma filosofia da prática cristã e o caminho de cristo é o caminho mais simples para se chegar à fé e a caridade.

Breve Biografia

Erasmo de Roterdã nasceu na Holanda, na cidade de Roterdã, e foi um homem que debruçou toda sua vida aos estudos humanistas e renascentistas no século XVI, o mesmo foi criado junto às bases cristãs, sua família era muito católica, mas com o tempo tornou-se bastante critico a religião, mas não rompeu com a doutrina, como mesmo fez Lutero, um grande companheiro de pensamento, mas alguns outros estudiosos afirmam que Erasmo era um grande critico de Lutero,Erasmo chegou a escrever uma obra sobre o livro arbítrio, criticando o luterismo.

Como mesmo mencionado, Lutero era protestante, e Erasmo não seguiu o mesmo caminho, caminho esse de romper com a igreja. O filósofo propunha um cristianismo realizado puramente e igualmente na época de Jesus Cristo. Erasmo viveu toda sua vida como autônomo, dependia das vendas das suas obras.

Na época do pensador ser um cristão humanista representava a ideia do livre arbítrio, ou seja, acreditar no ser humano e suas ações para que haja um melhoramento significativo na sociedade, não esperando apenas chegar o dia do Juízo final, e sim viver a vida pensando nas coisas possíveis sem perder as convicções religiosas e a fé em Deus.

Foi ordenado sacerdote em 1492, e mais tarde obteve dispensa do ministério, foi um grande humanista cristão e amigo de Thomas More, ambos pensavam igualmente sobre as coisas da vida e principalmente a oposição contra a guerra, tanto que dedicou a obra Elogio da Loucura para o amigo, saudando Tomas.

Veja também:

ERAMOS E A IGREJA CATÓLICA

Erasmo durante sua trajetória de vida teve uma grande relação com a igreja católica, e para, além disso, chegou a ter uma grande relação com Martinho Lutero, Lutero era um grande reformista do protestantismo renascentista, mas diferentemente de Erasmo, pregava o protestantismo como total rompimento com a igreja, entre ambos haviam muitos conflitos de pensamentos, mas se respeitavam diante de cada idéia,  para ele a igreja tinha mudança,mesmo com  o clero distanciando  do ideal de cristo.

Erasmo não era protestante, pois o mesmo negou a aderir o protestantismo, tanto que foi seduzido por alguns pensadores da época e principalmente pela obra de Lutero, mas sempre acreditou que podia reformular a doutrina, ou seja, era um reformista que não rompeu com o catolicismo, Erasmo segue uma linha de meio termo, era cristão, criticava o catolicismo, mas achava errada a perseguição ao protestantismo, tanto que foi considerado pacifista e contrário a qualquer tipo de guerra, tornando-o um grande humanista.

Seguindo os pensamentos de Santo Agostinho, Erasmo defende um cristianismo baseado na época de Cristo, cristianismo puro, não é influenciado pelo luxo, riqueza, ganância, como estava sendo no período renascentista.

Outro artigo: Arianismo

PRINCIPAIS OBRAS

Conhecido como grande crítico do cristianismo várias das suas obras foram para o índex, livros proibidos da igreja católica, vamos conhecer “O elogio da Loucura”, uma das principais obras do filósofo.

O Elogio da loucura é uma das principais obras Renascentistas, a mesma foi escrita em 1509 e publicada em 1511, antes mesmo de Lutero criar a Reforma Protestante, em 1517. O livro foi considerado uma homenagem a Thomas More, grande amigo do Filósofo, Thomas foi autor da “Utopia”. A obra de Erasmo é de fácil entendimento e trás fragmentos claros dos pensamentos já trazidos pelo mesmo, pensamento esse ligado ao cristianismo, o cristianismo precisava de uma mudança clara e urgente, voltar às origens de Jesus Cristo, e por esse fato, Erasmo acreditava que o ser humano era capaz de fazer essa mudança.

 O livro é escrito em primeira pessoa, ou seja, ele não se coloca como interlocutor, o mesmo cria uma espécie de entidade, chamada loucura, citada como deusa da loucura, responsável pela felicidade no mundo, em um frase no livro a cria a deusa da loucura, a mesmo cita: “Sem a loucura a sociedade não sobrevive”, o livro por ser narrado em primeira pessoa trás nuances satíricas, irônicas e engraçada. O nome “Elogio da Loucura” veio de grande encaixe, pois o mesmo tenta justificar tudo que acontece no mundo é através da loucura, é como se a loucura tivesse dominado a vida das pessoas e tivesse governando o mundo, no livro a loucura faz altos elogios ara si mesmo, e a partir disso, Erasmo faz diversas criticas a igreja católica, principalmente a venda de indulgencias, ou seja, a compra do perdão, a passagem direta p céu, sem etapas.

Para Erasmo a pessoa em sã consciência não compraria o próprio perdão, a justificativa para tal compra é a loucura presente na vida do individuo.

No livro o filósofo propõe a seguinte questão: A guerra que é realizada é feita em sã consciência? Para ele só podia ser loucura, a loucura dominando a vida das pessoas por inteiro.

E a obra de Erasmo pode ser pensada nos dias atuais, como nós, seres humanos, repensamos as coisas feitas na vida? Muitas dessas coisas feitas no passado podem ser pensadas atualmente como loucura, loucuras essas contra a humanidade.

Também recomendamos: Confucionismo e Paidéia Grega.

Outras obras importantes:

  • Manual do Cavaleiro Cristão
  • Elogio da Loucura
  • Os Pais Cristãos
  • Colóquios Familiares
  • As Navegações dos Antigos
  • Preparação para a Morte

PRINCIPAIS CITAÇÕES

Veja abaixo as principais citações do filósofo, citações essas que retratam alguns pensamentos do mesmo.

“O cristianismo hoje, em lugar de pregar Jesus Cristo, deixam no esquecimento o seu nome e o põem de lado com leis lucrativas, alteram a sua doutrina com interpretações forçadas e, finalmente, o destroem com exemplos pestilentos.”

“Deve respeitar-se o casamento enquanto é um purgatório, e dissolvê-lo quando se tornar num inferno.”

“Cada momento da vida seria triste, fastidioso, insípido, aborrecido, se não houvesse prazer, se não fosse animado pelo tempero da loucura.”

“A pior das loucuras é, sem dúvida, tentar ser sensato em um mundo de loucos.”

_____

Conteúdo original, não se esqueça de referenciar: Disponível em: <https://resumos.soescola.com/filosofia/erasmo-de-roterda/‎>

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.