Arianismo

Kit Só Escola Autismo

O arianismo foi uma doutrina filosófica que surgiu na era medieval no século IV a.C, a doutrina colocava em prova a Santíssima Trindade.  A Santíssima Trindade é um dos principais dogmas da igreja católica, a religião entendia o arianismo como uma espécie de heresia, ou seja, toda doutrina que surge contrária à bíblia e ao cristianismo e que não está de acordo com aquilo que é estabelecido pela autoridade da igreja católica.

O QUE É O ARIANISMO?

O arianismo como mesmo mencionado foi uma corrente filosófica criada por Ário (272-337), um grande professor renomado de Alexandria, a doutrina negava a divindade de Jesus, pregava que Jesus é a figura mais perfeita do pai, mas não é Deus.

O arianismo é uma tentativa de explicar as relações entre o pai e o filho e qual a natureza real de cristo, a doutrina pontua que o filho é distinto do pai, e através disso não consegue entender o princípio da trindade, se ambos são distintos, então não pode ser Deus.

A partir do arianismo começa certas especulações cristológicas, e a partir dela surgem novas especulações, dividindo assim o cristianismo, fatos esses que permanecem até os dias de hoje. Os ortodoxos sempre afirmaram que cristo é verdadeiramente Deus e verdadeiramente filho.

A cristologia é um segmento da teologia, esse ramo busca conhecer a natureza de cristo, ou seja, para o cristianismo cristo partilha da substância de Deus pai, ou seja, Deus pai Criador, sendo que o Pai, é o primeiro da trindade, o filho o segundo, mas substancial ao pai, e o espírito santo é o terceiro, concluindo, Cristo como reencarnado se fez coeterno de Deus, ou seja, que existe eternamente, consequentemente, sendo o próprio Deus.

Ário possuía uma mente brilhante e muito respeitável na época, e principalmente conquistou o posto de presbítero em Alexandria, por conta disso conseguiu muitos seguidores para sua doutrina, fato esse que preocupou bastante a igreja. O cristianismo estabeleceu-se como doutrina religiosa oficial no século IV, no império romano, deixando de ser uma religião perseguida e passando a perseguir as outras religiões, perseguiu muito os pagãos, que eram pessoas de outra religião, de doutrinas conhecidas como heresias.

 Com essa preocupação Alexandre, Bispo de Alexandria, o confrontou diretamente, e decidiu realizar o primeiro conselho para discutir tal teoria, reunindo 100 bispos, diante de muitas conversas, os bispos consideraram Ário herege, chegando até os ouvidos do Papa da época, Silvestre, mas mesmo assim, Ário conquista mais adeptos a sua doutrina, e a partir desse fato, as disputas teológicas começaram a ficar cada vez mais acirradas, ocasionando um cenário preocupante para o então Imperador Constantino.

O arianismo é a principal heresia da história da igreja, o pensamento negou o servo da doutrina cristã, chegou a dividir a igreja de modo que havia mais bispos arianos em comparação com os bispos ortodoxos, como diz a frase, “O mundo dormiu e quando acordou viu-se ariano.”

Diante de tal situação, houve outra reunião da igreja, chamada de Concílio Ecumênico, que foi uma das reuniões mais importantes para decidir e discutir sobre dogmas e outros assuntos relevantes, a reunião foi realizada na cidade de Nicéia, por Constantino l, o mesmo era assessorado pelo bispo Ósio de Córdoba da Espanha, o conselho reuniu mais de 300 bispos e definiram que Cristo tinha a mesma natureza de Deus Pai, consubstancial ao Pai, contrariando a ideia de Ário.

Com essa conclusão e seguindo a ordem do Concílio de Nicéia, Constantino exilou Ário e condenou suas obras.

Mas nem tudo estava acabado, pois Eusébio, passou a levar os pensamentos semi arianistas, e a partir disso resgatou muitas ideias trazidas por Ário. Constantino vendo toda essa situação foi obrigado através de inúmeras pressões a anistiar Ário, levando-o de volta a cidade, lembrando que já nessa época 325 d.C o bispo não era mais Alexandre, e sim Atanásio, que posteriormente tornou-se santo pela igreja católica.

ARIANISMO X TEÓLOGOS

Diversos teólogos da doutrina católica surgiram para combater o crescimento das heresias, temos como exemplo, Santo Agostinho, o mesmo atuou firmemente no combate desse pensamento.

Santo Atanásio (295 d.C – 373 d.C) repudiava o arianismo desde o seu surgimento, nas décadas  de 330 e 340 d.C, combatendo de forma rígida a doutrina ariana que ficou conhecida como semi ariana em todo Egito.

Eusébio que cresceu diante da sua inteligência construiu uma espécie de um seita arianista, seita essa que exerceu grande poder até dentro da igreja, esse poder influenciou alguns bispos do oriente a expulsar Atanásio e o papa Júlio, voltando para igreja apenas nas décadas seguintes, continuou a defender a trindade e combater o pensamento ariano, ultrapassando os séculos seguintes e reforçado depois de anos por São Tomás de Aquino.

O ARIANISMO AINDA EXISTE?

O arianismo nos tempos atuais não existe com o nome que conhecemos, mas ainda há doutrinas religiosas com linhas de pensamento arianistas, como os testemunhos de Jeová, alegando que há apenas Jesus.

TIPOS DE HERESIAS

Nestorianismo: Arcebispo de Constantinopla Nestório (428 – 431) criou a doutrina e colocava que Maria não era mãe de Deus, além disso destacava a natureza divina e Humana de Jesus Cristo.

Gnosticismo: O pensamento surgiu bem anteriormente da discussão da existência de Jesus Cristo, o pensamento propunha a ideia de dois deuses, um deus bom, ou seja, a serviço de coisas boas, e um deus mau, onde havia apenas maldades. Para o Gnosticismo a criação do mundo foi elaborado e executado pelo Deus mau, Deus esse adorado pelo cristianismo.

Além dessa teoria, o pensamento acredita em reencarnação, pensamento esse não aceito pela religião católica.

Docetismo: O docetismo rejeita tudo aquilo que está ligado ao novo testamento da bíblia, e acreditam no dogma de Jesus Cristo como Deus transformado em humano, essa linha doutrinária acredita em poucos ensinamentos e livros ligados a Jesus Cristo.

Apolinarismo: Pensamento fundado por Apolinário de Laodicéia (310-390), o mesmo também questionava a forma humana e até divina de Jesus e compreendia que Jesus não teria um corpo real, mas sim era uma espécie de espírito que incorporava nos seres humanos.

ARIANISMO X NAZISMO

A palavra arianismo é muito confundida com a termologia nazista, na verdade, o arianismo foi um termo utilizado para designar a raça ariana, base essa para o pensamento mais horrendo da história, o nazismo.

O conceito foi criado por Adolf Hitler, para ele os alemães continham a mais pura linhagem dentre os de outros seres humanos, caracterizadas por pessoas altas, brancas, fortes e inteligentes, Hitler exterminou milhares de pessoas durante a guerra, aproximadamente seis milhões de judeus em meio ao Holocausto, matou também homossexuais, negros e ciganos.

Nos tempos atuais, felizmente o termo utilizado para esse contexto é completamente abominável, e considerado um crime e uma mancha de vergonha na história.

Conteúdo original, não se esqueça de referenciar: Disponível em: <https://resumos.soescola.com/filosofia/arianismo/‎>

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.