Protágoras

Protágoras (490 a.C -420 a.C) foi o primeiro e mais famoso sofista da história da Grécia antiga e é conhecido pela sua famosa frase “O Homem é a medida de todas as coisas”, frase essa que o a criar seus principais pensamentos, a subjetividade do homem e consequentemente a sua particularidade humana, para ele, tudo era relativo, não havia verdades absolutas.

O filósofo foi o primeiro grego a ganhar dinheiro ministrando aulas de oratória, criticas de poesia, cidadania, e até mesmo, gramática, o mesmo cobrava altos preços pelos ensinamentos

Por conter em suas ideias concepções ateístas o levou a não acreditar na existência de deus, fato esse que o tornou perseguido pelos segmentos religiosos.

Vamos conhecê-lo um pouco mais?

Breve Biografia de Protágoras

Protágoras
Protágoras

Protágoras nasceu por volta de 481 a.C, na cidade de Abdera, na Grécia e veio a falecer no ano de 411 a.C, em Mileto, Turquia.

Durante grande parte da sua vida viveu em Atenas, é nessa cidade que passa a desenvolver seus principais pensamentos ao lado de outros filósofos sofistas. Em Atenas ganhou grande admiração e notoriedade da população, tanto que foi um dos únicos filósofos que ganhou pelos seus ensinamentos, e não ganhou pouco em troca dos seus conhecimentos.

Com os seus conhecimentos a partir do subjetivismo do homem, ensinou os seus seguidores a fazerem parte da sua própria história, ou seja, produtores do seu próprio mundo e destino. Passou 40 anos da sua vida levando seus conhecimentos nas cidades gregas.

Como mesmo mencionado, suas ideias perpassaram ao ateísmo, fato esse que culminou sua descrença na existência de deuses o tornando um homem cético, é através disso, que foi perseguido, torturado, e até mesmo processado, suas obras foram queimadas em praça publica.

Com esses acontecimentos se viu obrigado a mudar-se para Sicilia, no sul da Itália, cidade essa a qual veio a falecer.

Veja também:

Contexto Histórico

Protágoras esteve presente em um período histórico de grande crescimento dos sofistas na Grécia, tanto que o mesmo foi o primeiro a ser reconhecido como um. Os sofistas surgiram posteriormente aos naturalistas, os naturalistas baseavam as suas ideias no conhecimento do universo, como surgiu? Quando surgiu? Como era feito? Fatos esses que ficou conhecido como o conhecimento da cosmologia.

E durante o período da Grécia, os povos começaram a se relacionar com outras culturas e civilizações, e por esse fato, houve o afastamento do pensamento cosmológico e começaram a pensar no fator humano, o homem, é nesse contexto que os sofistas surgiram.

 Houve diversos grupos de sofistas, os mestres, os eristicos, os sofistas políticos. E Protágoras estava presente no grupo de mestres, tanto que o mesmo era respeitado por Platão, pois como sabemos, Platão era um grande critico dos sofistas.

E você estar se questionando, por qual motivo Sócrates criticou tanto os sofistas?

Sócrates buscava as melhores formas de vida em sociedade e a verdade nos conceitos criados pelo homem, é nesse contexto socrático, que as escolas sofistas começaram a ganhar força, e com ela, o relativismo diante a verdade dos conceitos, e por esse fato foi fortemente criticado por Sócrates e seus seguidores.

Protágoras é conhecido como principal integrante da escola sofista, mas como muitos pensam a escola não era uma instituição com tijolos, e sim grupos de pensadores que se reuniam para debater sobre as teorias e pensamentos sofistas.

Recomendo também: Historicismo

Principais pensamentos

A principal idéia de Protágoras pode ser compreendida na seguinte frase: “O humano é a medida de todas as coisas.”, frase essa muito usada em trabalhos acadêmicos nos dias atuais.

Basicamente, ele cita que não existe uma verdade e tão pouco uma falsidade, não existe um ser, não existe um não ser, não existe o bem e muito menos o mal, ele compreende que há visões, e como o ser humano é a medida de tudo é o ser que irá determinar o que se compreende o que é verdade, o bem, e o ser.

Para compreender melhor, vejamos um exemplo:

“Duas pessoas se encontram e uma está sentindo frio, e a outra está sentindo calor, é nesse fato que há o questionamento, quem está falando a verdade?

Protágoras diz que o humano é a medida de todas as coisas, ou seja,se está frio para um individuo, é visto como verdade, e se está calor para o outro, isso também é verdade,

Outro exemplo é através dessa imagem:

Podemos observar na imagem duas pessoas olhando para o número 6 ou 9, tudo depende da posição a qual a pessoa esteja olhando, cada uma vai dizer qual é a sua verdade, ou seja, dentro da filosofia isso chamado  de  relativismo, tanto que Protágoras foi considerado o pai do relativismo ocidental.

Protágoras era considerado um relativista utilitarista, pois para ele não existia verdade e falsidade, mas existia o útil, o danoso. Vamos conhecer um pouco dessa ideia?

Veja ainda: Neoplatonismo e Friedrich Engels.

Relativismo

Não há verdade absoluta, pois as coisas são observadas e entendidas de maneiras diferentes por cada individuo, para Protágoras, o raciocínio são compostos por antilogia, ou seja, sempre existe dois raciocínios que se contrapõem, podemos denominar esse conceito como teoria do contra argumento, ou seja, sempre um argumento pode ser refutado por outro argumento, impossibilitando atingir uma verdade.

As ideias de Protágoras continham um relativismo prático baseado na utilidade, uma coisa é útil deve ser realizada, mesmo que não seja moralmente aceita, o útil é o critério que hierarquiza os diferentes valores e faz com que um valor seja preferível ao outro, esse relativismo prático pode ser considerado um destruidor da moral

Para os pensadores sofistas não existem valores morais, existe algo que é mais útil, mais convincente e oportuno, a moralidade ou a imoralidade não pode ser julgada fora do contexto que ocorreu, exemplo:

“Se alguém matou para se proteger ou para proteger alguém, não pode ser considerado criminoso ou imoral”

Protágoras e o ato de argumentar

Protágoras se reconhecia como um mestre da argumentação, o mesmo ensinava as pessoas a argumentar, e esse melhor método de argumentação era chamado de antilogia, ou seja, é colocar um argumento e a partir desse mesmo argumento há contradições, e por esse fato, o discurso é melhorado, e a partir desse discurso surgem outras contradições, sendo assim, o argumento irá evoluir cada vez mais.

O principal ensinamento de Protágoras era transformar um argumento fraco em um argumento forte, mas como sofista, não se preocupava com o tipo de argumento, e sim com a técnica delas.

Fato esse que fez com que as coisas piorassem durante a trajetória dos sofistas.

Outro artigo recomendado: Blaise Pascal.

Curiosidade

Aos 70 anos de idade escreveu uma obra a qual foi acusado de ateísmo, após ser processado e condenado, Protágoras fugiu de Atenas, suas obras foram queimadas em praça publica. E naufragou quando tentava chegar em outra cidade, Cecilia.

Pelo grande domínio da fala, Protágoras foi escolhido para ser conselheiro do governante Péricles, o mesmo entregou a tarefa para Protágoras de escrever a constituição da colônia de thuri (444. A.C)

Principais citações

“Sobre qualquer questão existem dois argumentos contrários entre si.”

“O homem é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são das coisas que não são, enquanto não são.”

“Das coisas belas umas são belas por natureza e outras por lei, mas as coisas justas não são justas por causa da natureza, os homens estão continuamente disputando pela justiça e a alteram também continuamente.”

PARA SABER MAIS….

Sócrates não era o único que criticava os pensamentos sofistas, Aristóteles e Platão foram grandes críticos do segmento e sua escola sofista, os filósofos não aceitavam o fato dos sofistas usarem a retórica como uma arte de enganação e não para o conhecimento verdadeiro.

E criticavam o fato de cobrarem altos preços pelos ensinamentos dados. Os sofistas para esses filósofos representavam a mais pura falsidade e enganação de todos os tempos, sendo considerados mercenários e enganadores.

__

Conteúdo original, não se esqueça de referenciar: Disponível em: < https://resumos.soescola.com/filosofia/protagoras/ >

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.