O que é Ciência?

A Ciência é o conhecimento dos fenômenos do mundo, conhecimento esse baseado em métodos experimentais de algo. A palavra “ciência” vem do latim “ scientia” que significa conhecimento, sabedoria  e segundo o dicionário Aurélio é um conjunto organizado de saberes  relativo a um determinado objeto, especialmente os objetos obtidos mediante a observação, a experiência dos fatos e com eles o método científico.

O conhecimento científico pode ser visto como um saber recente adquirido pela humanidade chegando a 400 anos de existência. No pensamento grego a filosofia e a ciência ainda estavam unificadas e só apenas no século 17 na idade moderna que houve a revolução científica instaurada por Galileu.

Os componentes e critérios da ciência

Aristóteles já definia a ciência como o “conhecimento das causas pelas causas”, visto como um saber demonstrativo, a mesma pode ser compreendida diante de três componentes de suma importância:

  • Observação, experimentação e leis

Nesses três sentidos a ciência engloba primeiramente o conhecimento teórico, ou seja, é necessário conhecer primeiro o objeto e logo após colocá-lo em prática e posteriormente adquirir a técnica.

Já os critérios da ciência podem ser classificados em quatro princípios fundamentais como:

  • Primeiramente o objeto pode ou não conter presença da ação humana no processo de investigação;
  •  A imutabilidade;
  •  Mobilidade prática;
  • E a própria classificação das ciências.

A partir da modernidade a ciência se modificava buscando o seu próprio caminho, ou seja, seu método, nesse ponto a ciência não se utiliza de meras suposições e sim de comprovações baseadas e aplicadas pelos métodos científicos, Vamos conhecer um pouco mais desse método?

Método Cientifico

Como sabemos a ciência não se refere a qualquer tipo de conhecimento, ou seja, para ser cientifico é preciso se adequar e passar por conjuntos de princípios e técnicas que direcionam para a organização e avaliação da credibilidade da pesquisa.

É nesse conjunto de princípios e técnicas que encontramos o “Método Científico”. Nesse contexto o homem sempre buscou encontrar métodos seguros para se acreditar em algo, no principio esses mesmos métodos eram baseados a sistemas filosóficos e lógicas simples.

Apenas no século 17, como mesmo foi mencionado, houve a criação de um método moderno, com princípios lógicos sistematizados, a partir disso a ciência não parou, e nos tempos atuais obtemos um modelo contemporâneo do método cientifico com base empirista, que é o conhecimento baseado em evidências observadas e a lógica que nada mais é que argumentos válidos.

É importante mencionar que a lógica do cientista não é mais provar que algo seja verdadeiro ou falso, pois são fatos impossíveis, pois qualquer fato que for considerado verdadeiro está fadado a ser questionado e até mesmo refutado, assim, toda verdade é transitória.

O método científico atualmente encaixa-se em um processo continuo de verificar as adequações das hipóteses a realidade a qual foi observada até o momento, esse processo pode ser visto da seguinte maneira:

  • Observação: Primeiro é preciso observar a natureza e o mundo em sua volta e a partir disso elaborar questionamentos daquilo que foi observado.
  • Hipóteses: A partir da observação e os questionamentos surge às hipóteses, que são palpites das possíveis respostas para tais questionamentos, a mesma deve estudar cada parte da natureza/realidade e verificar se realmente ocorre através de conhecimentos prévios, essa etapa é considerada essencial, pois se houver algum erro pode comprometer todo processo da pesquisa.
  • Experimentos: Os experimentos devem ser realizados para obter resultados necessários, se os mesmos não corresponder às hipóteses que foram analisadas, não se apavore, é possível revê-las, expandi-las ou até mesmo descartá-las. O propósito da experimentação é responder e verificar tudo aquilo que foi levantado anteriormente, podendo ou não propor novas hipóteses.

Se caso a hipótese for comprovada, são elaborados teorias gerais sobre o conjunto dos fenômenos observados e dos fatos investigados, contexto esse chamado de conclusão.

Além dessas etapas básicas os mesmos podem ser inseridos nos diferentes tipos de métodos como experimental, dialético, empírico-analítico e histórico.

Senso comum

Diante do mundo em que nos rodeia emitimos opiniões sobre as coisas do mundo sem nenhuma comprovação lógica concreta, e por esse fato, estamos emitindo o conhecimento do “senso comum”.

Em linhas gerais o senso comum é entendido como um tipo de saber que nos ajuda a situar no cotidiano para assim compreendê-lo e agir sobre ele, assim, perante o mundo que nos rodeia emitimos e estabelecemos crenças e opiniões de acordo com a tradição.

O senso comum se difere muito do conhecimento científico, pois se baseia em conhecimentos que não podem ser questionados, são certezas que rodeiam a vida humana, como o sol que nasce todos os dias, as configurações dos animais e suas características, a constituição da família, o tempo a qual conhecemos, enfim, vejamos a seguir as principais diferenças:

                SENSO COMUM         CONHECIMENTO CIENTÍFICO
O conhecimento do senso comum é particular, restrito a uma pequena amostra da realidade a partir da qual são feitas generalizações que muitas das vezes são apressadas e imprecisas.Em contrapartida, o conhecimento científico baseia-se as suas conclusões a partir de premissas gerais no sentido que não vale apenas para os casos observados e sim para todos que a ele se assemelham
O conhecimento espontâneo é fragmentado, pois não estabelece conexões em situações que essas poderiam ser verificadas.Já o conhecimento científico tece um caráter unificador, pois associa fenômenos aparentemente dispostos no cotidiano.
O senso comum é subjetivo, pois depende do ponto de vista individual e pessoal condicionados por sentimentos ou até mesmo afirmações arbitrarias do sujeito.A ciência é objetiva que independe das preferências individuais a qual resulta na descentralização do sujeito que conhece.
A verdade do senso comum é ambígua.A ciência possui uma linguagem rigorosa

Campos da ciência

A ciência pode ser entendida em diversos campos do conhecimento de grande importância:

  • Ciências sociais aplicadas: As ciências sócias aplicadas podem ser vistas nos seguintes campos de conhecimento: Informática, arquitetura, Jornalismo, engenharia, direito, biblioteconomia.
  • Ciências Humanas e Sociais: Já as ciências humanas e sociais são conhecidas na sociologia, história, economia, linguística, arqueologia, psicologia, geografia humana, economia.
  • Ciências matemáticas ou lógicas: Química, a própria matemática, biologia, astronomia, física, paleontologia, geografia física.

Para saber mais…

A tecnologia também pode ser entendida como um conjunto de práticas e conhecimentos visto a partir de um ideal científico de acordo com o campo teórico.

Divulgação cientifica

Hoje com a grande aproximação da população junto à internet possibilitou um maior acesso as informações, principalmente em questões relacionadas ao conhecimento científico, conhecimento esse que era apenas encontrado em meios acadêmicos, apesar da boa noticia, é necessário sempre ficar atento a informações falsas que diariamente circulam pelas redes sociais.

Nesse contexto, ao mesmo tempo em que a ciência ganhou grande visibilidade acabou também sendo relacionada a muitas inverdades, como noticias falsas de vacinas que ainda não foram criadas, ou até mesmo o fato de colocá-la como algo ruim a saúde humana, sendo conhecida como o “movimento anti vacinas”.

Por esse fato a difusão cientifica é tão importante nas mídias sociais e principalmente no meio jornalístico que chegam tais informações válidas possibilitando que a população tenha um maior acesso as informações de forma clara, simples e objetiva.

Por fim, a ciência faz parte da vida das pessoas, possibilitando uma construção de um mundo melhor.

É preciso sempre se questionar e buscar novas experiências, para assim possibilitar um maior conhecimento das coisas e do mundo em nossa volta, a ciência é um mundo de novas descobertas.

Na ciência não há certezas e sim questionamentos para se buscar leis naturais (Charge. 2014)

O que é Ciência?

A Ciência é o conhecimento dos fenômenos do mundo, conhecimento esse baseado em métodos experimentais de algo. A palavra “ciência” vem do latim “ scientia” que significa conhecimento, sabedoria  e segundo o dicionário Aurélio é um conjunto organizado de saberes  relativo a um determinado objeto, especialmente os objetos obtidos mediante a observação, a experiência dos fatos e com eles o método científico.

O que é Método Cientifico?

método científico pode ser entendido como um conjunto de processos para a construção de um conhecimento, ou seja, é um conjunto de regras básicas para se realizar uma experiência ou até mesmo uma pesquisa, e a partir dessas duas premissas, produzirem um novo conhecimento, podendo ser até mesmo corrigido e melhorado.

Quais são os critérios da ciência?

Já os critérios da ciência podem ser classificados em quatro princípios fundamentais como:
Primeiramente o objeto pode ou não conter presença da ação humana no processo de investigação;
– A imutabilidade;
– Mobilidade prática;
– E a própria classificação das ciências.

O que é Método Cientifico?

método científico pode ser entendido como um conjunto de processos para a construção de um conhecimento, ou seja, é um conjunto de regras básicas para se realizar uma experiência ou até mesmo uma pesquisa, e a partir dessas duas premissas, produzirem um novo conhecimento, podendo ser até mesmo corrigido e melhorado.

O que é Senso comum?

O conhecimento do senso comum é particular, restrito a uma pequena amostra da realidade a partir da qual são feitas generalizações que muitas das vezes são apressadas e imprecisas.
O conhecimento espontâneo é fragmentado, pois não estabelece conexões em situações que essas poderiam ser verificadas.
O senso comum é subjetivo, pois depende do ponto de vista individual e pessoal condicionados por sentimentos ou até mesmo afirmações arbitrarias do sujeito. A verdade do senso comum é ambígua.

O que é CONHECIMENTO CIENTÍFICO?

O conhecimento científico baseia-se as suas conclusões a partir de premissas gerais no sentido que não vale apenas para os casos observados e sim para todos que a ele se assemelham. Tece um caráter unificador, pois associa fenômenos aparentemente dispostos no cotidiano. A ciência é objetiva que independe das preferências individuais a qual resulta na descentralização do sujeito que conhece. A ciência possui uma linguagem rigorosa

Quais os campos da cIência?

A ciência pode ser entendida em diversos campos do conhecimento de grande importância:

– Ciências sociais aplicadas: As ciências sócias aplicadas podem ser vistas nos seguintes campos de conhecimento: Informática, arquitetura, Jornalismo, engenharia, direito, biblioteconomia.
– Ciências Humanas e Sociais: Já as ciências humanas e sociais são conhecidas na sociologia, história, economia, linguística, arqueologia, psicologia, geografia humana, economia.
– Ciências matemáticas ou lógicas: Química, a própria matemática, biologia, astronomia, física, paleontologia, geografia física.

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.