Catolicismo

Kit Só Escola Autismo

O catolicismo pode ser considerado uma das várias vertentes do cristianismo de maior importância, a religião acredita que Jesus é o salvador do mundo e todas as coisas.

Os seguidores da doutrina creem piamente que a salvação dos pecados só acontece através da fé contida em Jesus, que é a figura de Deus feito homem.

Segundo alguns dados, cerca de um bilhão de pessoas são adeptas ao cristianismo, os países como o Brasil e o México são os principais pólos de pessoas convertidas à doutrina.

O surgimento do catolicismo está intrinsecamente ligado as primeiras nuances da história do cristianismo.

Vamos conhecer um pouco mais?

ORIGEM

A bíblia é a principal palavra deixada por Jesus cristo e é considerada uma das mais importantes para se entender toda história dessa grande divindade. Segundo a mesma, Jesus nasceu em uma pequena cidadezinha conhecida como Nazaré, com os seus 30 anos de idade começou a pregar a palavra e por esse fato foi atraindo cada vez mais discípulos que começaram o enxergar como “Cristo”, palavra essa que em grego trás um significado bastante peculiar “Ungido”.

Mas, como nem tudo são flores, infelizmente alguns dos seus ensinamentos despertaram raiva e consequentemente o fez a ter inimigos reais, e por esse fato, foi condenado por judeus e romanos a crucificação na cruz, momento esse considerado uma das passagens mais dolorosas e triste sofrida por Jesus, tanto que o momento é lembrando e até mesmo encenado na semana santa, momento esse de suma importância para os católicos. Segundo a bíblia, Jesus ressuscitou e venceu a morte.

Os discípulos e apóstolos de Jesus começaram a pregar os seus ensinamentos, ensinamento esses que começou a incomodar os pagãos e os politeístas, e até mesmo algumas práticas morais exercidas no império romano, por esse fato, começou-se um longo caminho de perseguição a palavra.

Mas foi apenas no ano de 313 que foi promulgado o chamado “Édito de Milão” que proibiu a perseguição aos cristãos.

A partir disso, o cristianismo começou a ter grande reconhecimento e transformou-se em uma das principais religiões oficiais do Império Romano aproximadamente no ano de 392.

Recomendamos também: Taoísmo.

CATÓLICOS ROMANOS X CATÓLICOS ORTODOXOS

Muitos ainda não compreendem a diferença entre os católicos romanos e os católicos ortodoxos, isso passou a acontecer quando houve uma disputa entre o Bispo e os patriarcas do oriente, mas você deve estar se perguntando, por qual motivo surgiu esse conflito?

Ambos os segmentos não concordavam a forma a qual a igreja estava organizada, episodio esse que aconteceu no ano de 1054, que ficou conhecido na história como o “Cisma do Oriente”, a palavra veio do latim “schisma” e significa dividir, separar, partir, que resultou na criação de duas vertentes da religião, as quais estão presentes nos dias atuais.

Diante desse cenário, já sabemos que a conciliação de ideias não deu certos, e por esse fato, ambos os segmentos se excomungaram mutuamente, e assim, deu-se a divisão entre a Igreja Católica apostólica Romana e a Igreja católica apostólica ortodoxa, lembrando que a igreja católica ortodoxa pode ser russa, búlgara, dentre outros.

As principais diferenças são:

       IGREJA CATÓLICA ORTODOXA     IGREJA CATÓLICA ROMANA
Bispo local tem a última palavra    Segue as orientações do papa
Ambos prestam santidade aos santos, mas a igreja católica ortodoxa não aceita imagens tridimensionais, tanto que os locais sagrados estão repletos de pinturas.    Veneram esculturas, quadros, estampas.
O padre pode casar normalmente, uma vez que a esposa conceda essa vocação.  Já na igreja católica esse acontecimento é improvável, pois o celibato é obrigatório para os sacerdotes
  Para eles não há a existência de um purgatório, e sim, apenas a existência do céu e o inferno.  Acreditam no purgatório.
Usam o calendário Juliano, possui diferença de 13 dias em relação ao calendário romano.Seguem o calendário gregoriano
47 dias de quaresma40 dias

Dentre de todas essas diferenças citadas, os símbolos da cruz também se diferem, veja na imagem a seguir:

Catolicismo

Como podemos perceber, a cruz católica romana possui apenas uma barra, já a ortodoxa possui três.

Não deixe de ver: Ceticismo.

ESTRUTURA HIERÁRQUICA

A organização do catolicismo é constituída por uma rígida estrutura considerada hierárquica que pode ser vista da seguinte maneira:

  • Paróquias
  • Dioceses
  • Arquidioceses

Ambas as instituições estão sobre a direção e ensinamentos do vaticano, o vaticano é visto como o principal órgão central da igreja, comandado pelo Papa, abaixo do papa estão os cardeais, arcebispos, bispos, padres e por fim, o restante da comunidade cristã por todo mundo.

CATOLICISMO NO BRASIL E NO MUNDO

Como mesmo já foi mencionado, o Brasil é o país com mais adeptos do catolicismo no mundo, o segmento foi trazido na fase da colonização do país.

A companhia de Jesus ou Ordem dos Jesuítas foi um segmento que surgiu no ano de 1534 que realizou um trabalho missionário com os índios locais, os ensinando a religião romana e seus principais princípios, anos após, os franciscanos e outros segmentos religiosos começaram a vir para o Brasil e consequentemente se instalaram na região. O catolicismo pode ser considerado a maior comunidade religiosa de todo o mundo, a sua maior presença está situada na Europa e na America. A sede da doutrina fica no vaticano e o líder maior da religião é o Papa Francisco.

Vaticano

Postagem recomendada: Idealismo Filosófico.

CATOLICISMO X PROTESTANTISMO

Martinho Lutero foi o principal criador do protestantismo que posteriormente começou a ser reconhecido como outra vertente religiosa, uma vez que o cristianismo deixou de ser a única conhecida em toda a Europa.

Isso aconteceu pelo fato que Lutero estava cansado de todas as injustiças e contradições dentro da igreja, e assim, escreveu e publicou mais de 95 teses criticando a doutrina.

A partir desse cenário, houve a chamada “Reforma Protestante” e com ela houve mudanças na interpretação da bíblia, os dogmas da igreja e a maneira de cultuar a Deus.

Os protestantes não deixaram de acreditar na divindade, tanto que é um segmento que permaneceu  intacta a crença em Cristo, o vendo como Jesus filho de Deus. Mas deixaram de prestar culto aos santos, aboliram o uso da óstia, que é a representação real de cristo, e excluíram o latim nos cultos religiosos e passaram a usar a língua vernácula.

Com o passar do tempo, o protestantismo começou a ganhar mais e mais adeptos por tudo mundo, tanto que alguns outros intelectuais e teólogos começaram a aprofundar no segmento: João Calvino, Ulrico Zwigilio, Jonh Wesley, dentre outros.

CATOLICISMO POPULAR X CATOLICISMO SOCIAL

Você com certeza nunca deve ter escutado sobre essas duas vertentes, o catolicismo popular esteve presente em áreas menos favorecidas, a mesma foi trazida pelos portugueses para o Brasil, esses portugueses não faziam parte da grande elite, eram considerados simples, o catolicismo popular propiciou a mistura da crença dos indígenas e dos escravos negros.

Veja algumas características do catolicismo popular:

  • Geralmente rezavam com alguma veste representado algum santo.
  • As simpatias e promessas faziam parte do segmento.

Já o catolicismo social, surgiu através da preocupação do Papa Leão XII com as questões sociais e econômicas da época, por esse fato, a doutrina social passou a ser um dos principais ensinamentos da igreja católica.

AS PRINCIPAIS CRENÇAS CATÓLICAS:

  • A principal fonte de representação da doutrina é a bíblia e com ela a tradução oral da igreja, a mesma é utilizada para celebração das missas.
  • Os católicos acreditam na representação da Santíssima trindade, Pai, filho e espírito santo, os três formam um único Deus.
  • Acreditam na intercessão da virgem Maria e de todos os santos, todos são considerados santos por terem caminhado de acordo com os ensinamentos de cristo.
  • Os domingos é o principal dia para a realização da missa, pois é considerado um dia iluminado e santo, na missa é passado os principais ensinamentos da bíblia, conhecido como o momento de homilia realizado pelo padre, além disso, há momentos cânticos, e por fim,  a realização da eucaristia, fechando com a benção final.
  • Defende a existência da vida após a morte.
  • Existência do céu, inferno e purgatório, a ida para cada um desses estágios depende da trajetória de vida levada na terra, o momento é conhecido como Juízo final.
  • Os sacramentos são vistos como o recebimento da graça de Deus, no total são sete sacramentos: Batismo, Crisma, Eucaristia, confissão, ordem, matrimonio e por fim, extrema- unção, todas representam a comunhão espiritual com Deus.

Conteúdo original, não se esqueça de referenciar: Disponível em: <https://resumos.soescola.com/filosofia/catolicismo/>

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.