Alexander Fleming

Kit Só Escola Autismo

Alexander Fleming foi um dos primeiros cientistas a descobrir a penicilina, nem um pouco importante não é? Brincadeiras à parte, Fleming pode ser considerado um grande revolucionário pela sua descoberta que o proporcionou ser conhecido mundialmente.

Além de um grande cientista, Fleming também foi médico e bacteriologista francês, com a sua descoberta proporcionou a chance de muitas pessoas terem acesso ao medicamento e principalmente a cura pra muitas infecções graves.

Nos dias atuais o medicamento é o antibiótico mais utilizado em todo mundo, por mais que tenha feito muito sucesso com a sua grande descoberta, o cientista declarou que não foi ele que descobriu a penicilina, mas sim a natureza que a moldou, foi apenas o acaso.

Vamos descobrir um pouco mais de Alexander Fleming?

BREVE BIOGRAFIA

Alexander Fleming
Alexander Fleming

Alexander Fleming nasceu em Lochfield-Escócia, no ano de 1881, em um data muito especial, no dia 6 de agosto. Fleming nasceu em uma família de boas posses, seu pai fazendeiro também cuidava dos seus outros 7 irmãos.

Com apenas 14 anos de idade mudou-se para Londres, e durante todo o ensino básico sempre foi muito elogiado pela grande inteligência e no ano de 1908, com 27 anos ingressou na Universidade de Londres no final do século XIX, e posteriormente formou-se em medicina, realizando um grande sonho, depois de concluir o período básico, ingressou na escola de Medicina de St. Mary.

A sua principal paixão cientifica era observar as bactérias e encontrar uma forma de combate-las, durante a primeira guerra mundial, o cientista estudou o poder antibacteriano das leucócitos, as células brancas do sangue presentes nas secreções de feridas, e devido a esse estudo, Alexander tornou-se uma autoridade nos ferimentos de guerra, todos ficavam sob o seu cuidado.

No termino da guerra, depois de ter presenciado tantas mortes e ferimentos, Fleming retornou aos seus estudos sobre os tecidos humanos e as secreções, e nesse processo, descobriu a lisozima, um poderoso fermento antibacteriano, e você deve estar se perguntando, a partir de qual material o cientista conseguiu descobrir esse fator? A partir da sua própria secreção nasal, isso mesmo, ele utilizou do próprio espirro para fazer ciência.

Com essa análise, notou que no lugar que havia acumulo de muco, a bactéria era destruída, ou seja, a lisozima presente no muco nasal destruía as bactérias sem destruir os tecidos vivos, tornando-se o primeiro antibiótico.

Com essa descoberta, publicou diversos artigos científicos relatando todo experimento cientifico, que não parou por ai, como veremos em seguida.

Depois de tanto feito, para tanta gente, Alexander Fleming veio a falecer em 1955, com apenas 74 anos de idade fruto de um ataque cardíaco, deixando um grande legado.

A DESCOBERTA DA PENICILINA

Em 1928 Fleming descobriu a penicilina de uma maneira bastante inusitada e casual, quer saber como? Então acompanhe esse tópico:

Fleming voltava para a casa com a sua família depois de um dia de folga, o mesmo notou em sua sala de experimento, que havia criado uma espécie de mofo em algumas das placas que continha estafilococos, que é uma espécie de bactéria, assim, ele percebeu, que em uma certa distância do mofo não havia proliferação da bactéria estafilococos, nesse sentido, surgiu o indicio de que o fungo nesse caso impedia o surgimento da tal bactéria.

Mas, como se deu o nome “Penicilina”? Foi através do nome do fungo que impedia o surgimento das bactérias, “Penicillium Notatum”, substância poderosa que era capaz de matar esses seres invisíveis.

Apesar do descobrimento, em 1929 a península caiu no esquecimento, e só voltou a ser estudada anos depois, em 1939 com os cientistas Ernst Chain e Howard Floray da universidade de Oxford, ambos repetiram o mesmo processo do experimento de Fleming e começaram a trabalhar na purificação da penicilina, a sua testagem em animais e posteriormente em seres humanos.

Leia também: Feromônios

Alexander continuou a sua pesquisa na Inglaterra e em 1942, em um ato de desespero injetou a penicilina em um amigo que estava à beira da morte e o salvou, acontecimento esse que teve uma repercussão gigantesca nas mídias sociais, e a penicilina começou a ganhar conhecimento do grande público.

A sua produção começou a ser fabricada principalmente para militares, fato esse que colaborou e muito no salvamento de muitas vidas na segunda guerra mundial.

E apenas no ano de 1944 a penicilina começou a ser utilizada pela população civil e depois de um ano, Fleming juntamente com seus companheiros de pesquisa, Chain E Floray, ganharam o prêmio Nobel de medicina e fisiologia.

Como podemos perceber, apesar de tantas dificuldades no caminho, e principalmente pelo fato do cientista naquele momento não ter tido condições financeiras para a produção do medicamento, houve outro dois estudiosos que também se aprofundaram na pesquisa, e juntos encontraram a solução, contando com cerca de 200 casos tratados pelo medicamento após os primeiros usos.

Fatores esses que levaram o salvamento para muitas e muitas pessoas!

PRINCIPAIS DESTAQUES

Pelo fato de ter sido reconhecido como um dos maiores cientistas do mundo, Fleming recebeu alguns prêmios de suma importância, confira abaixo:

  • No ano de 1945 recebeu o prêmio Cameron da instituição universitária de Edimburgo;
  • No mesmo ano, a medalha de Moxon também fez parte das suas conquistas, recebendo a homenagem do Colégio Real de Médicos;
  • Nada mais e nada menos que o prêmio Nobel de Medicina também no ano de 1945;
  • No próximo ano, em 1946, teve a grande honra de receber uma medalha honoraria de Ouro do Colégio Real de Cirurgiões;
  •  E para a sua coleção de medalhas, recebeu uma de ouro da Sociedade Real de Artes e Medicina, ou seja, uma em 1946 e a outra em 1947;
  • Recebeu também a medalha de Mérito dos Estados Unidos, em 1947;
  • E por fim, foi recebido com mais de 30 diplomas de doutorado de universidades europeias e americanas.

Veja também: Sistema límbico.

PRINCIPAIS CITAÇÕES (FRASES)

“Não deixe que as doutrinas vigentes entorpeçam seu cérebro.”

“A cada dia seu mal ou seu bem”

“Falem de mim bem ou mal, mas não me esqueçam.”

“Não inventei a penicilina. A natureza é que a fez. Eu só a descobri por acaso”

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.