Judaísmo

Kit Só Escola Autismo

O judaísmo como religião foi fundado no oriente médio por Moisés acerca de 3.500 anos visto como uma das religiões mais antigas da humanidade, mas também pode ser entendido como um modo de vida, a questão, é que isso não importa, o segmento conta com cerca de 14 milhões de seguidores por todo mundo sendo que a maior parte está reunida nos estados unidos e Israel.

Em linhas, o Judaísmo é visto muito mais como uma civilização do que uma religião propriamente dita, pois dentro do Judaísmo existe toda uma filosofia de vida própria contida em códigos de leis, práticas e um sistema ético.

Mas como foi dito, o rotulo não importa, o importante é entender que o Judaísmo foi e continua sendo uma religião, civilização ou um modo de vida que permaneceu durante o tempo e enfrentou diversas represarias.

Vamos conhecer um pouco mais?

Judaísmo

ORIGEM E HISTÓRIA

O judaísmo é considerado por muitos a primeira religião monoteísta existente no mundo devido alguns achados históricos perdidos no tempo. A palavra vem de origem grega (ludaismós) para o topônimo “Judá”.

A origem dos Judeus é datada aproximadamente cerca de 2.000 anos a.C na mesopotâmia e a Abraão é considerado o fundador do segmento, alguns relatos dizem que o mesmo recebeu um aviso de Deus para abandonar o politeísmo e viver na cidade de Canaã que é a atual palestina por volta de 1800 a.C, assim, Abraão, abandonou tudo em sua volta e seguiu para a terra prometida nascendo a sua crença em um Deus único que rege todos os povos.

O pacto feito entre Deus e Abraão proporcionou a revelação das leis divinas a Moisés, local esse conhecido como Monte Sinai.

É dito que o seu neto conhecido como Jacó teve 12 filhos e eles deram origem às 12 tribos de Israel que formou o povo judeu, os nomes das tribos são: (Rúben, Simeão, Levi, Judá, Dã, Naftali, Gade, Aser Issacar, Zebulon, Benjamim e José Manassés)

As 12 tribos ficaram conhecidas mais como uma constituição familiar tendo como principais características a conservação do modo de vida e a difusão do segmento Judaico por todo mundo.

José era visto como o filho preferido de Jacó e os seus irmãos invejando essa preferência o venderam como escravo para o Egito e foi apenas em 1300 a.C que finalmente foi libertado por Moisés.

Posteriormente a esse fato, surge o reino de Israel e o reino de Judá sob o comando de Salomão, filho de Davi, esses reinos foram responsáveis por abater o conhecido Império babilônico e anos depois o Império romano aproximadamente no século I.

Infelizmente com a chegada da segunda guerra Mundial e com ela o Holocausto que matou milhões de Judeus, apenas no ano de 1948 que o Judaísmo a passos pequenos começou a se fortalecer novamente, fortaleça essa que advenho depois da criação do estado de Israel a qual pode ser visitada nos dias atuais.

Assim como o cristianismo e o Islamismo o Judaísmo acredita também na existência de apenas um Deus, que é o criador do mundo e de todo o universo, o ser divino expressou os 10 mandamentos e outras leis que contem basicamente o que ele espera das pessoas, os Judeus acreditam que foram escolhidos por esse Deus para estabelecer com ele uma relação especial e disseminar o conhecimento divino para o resto do mundo.

E por esse fato, os judeus precisam se dedicar a ele e amar uns aos outros, os seguidores do judaísmo acreditam que em troca Deus prometeu aos Judeus ou povo de Israel uma grande nação.

TRADIÇÕES

A escritura sagrada do Judaísmo é a bíblia Hebraica, seus primeiros cinco livros são particularmente importantes para os Judeus e levou o nome de “tora”, que significa instrução e também é sinônimo de lei, o mesmo é considerado um livro sagrado de autoria de Moises e que foi revelado diretamente por deus, fazem parte da torá o Genesis, êxodo, levitico, números e deuteronômio esses textos explicam e interpretam as leis de Deus.

O talmude é uma coleção de leis judaicas tradicionais juntamente com a história e comentários sobre elas e reúne muitas tradições orais. Os cultos judaicos são realizados em um templo conhecidos como sinagogas e são comandados por um sacerdote que leva o nome de “Rabino”. No centro do culto nas sinagogas é feita a leitura publica da torá.

Judaísmo

O símbolo sagrado do Judaísmo é menorá que é a representação de um candelabro com sete braços.

Os judeus também dedicam certo período da semana que é chamado de “sabá” e dedicam esses dias como um período de santidade e repouso que se inicia ao nascer do sol de uma sexta feira e vai até o anoitecer do sábado.

No contexto de rituais, podemos citar a circuncisão (Brit milá) dos meninos aos 8 dias de vida e o “b’nai mitzvá”  que representa a iniciação da vida adulta dos meninos a partir dos 13 anos de idade e para as meninas aos 12 anos, a partir desse ritual ambos oficialmente são considerados filhos e filhas dos mandamentos.

E o casamento e o luto que são dois momentos de suma importância para a religião judaica conhecida como o momento “Shiv’á”

A páscoa é vista como uma das comemorações mais importantes do segmento é nessa data que é comemorado a libertação do povo judeu no Egito (1300 a.C).

AS TRÊS PRINCIPAIS DIVISÕES

O judaísmo tem três principais divisões: Judeus ultra- ortodoxos, ortodoxos e conservadores, vamos entender cada um deles?

Os judeus ultra ortodoxos são os mais tradicionais, os mesmos acreditam que a religião deve ser praticada exatamente como ela se apresentava nos tempos antigos.

E no século 19 surgiram dois grupos que acreditavam na necessidade do judaísmo a se adaptar a novas situações como os judeus reformistas que fizeram muitas mudanças e os conservadores que por sua vez sustentam as tradições antigas, mas fizeram muitas mudanças em suas praticas religiosas.

E por fim os ortodoxos que vêem no “Torá” como a principal fonte de conhecimento do saber divino, mas não seguem as leis de maneira rígida.

CURIOSIDADES

O judaísmo possui algumas curiosidades interessantes de serem conhecidas:

  • Para os judeus o maior pecado existente dentro da sua religiosidade é a idolatria a qualquer ser.
  • A “cabala” é conhecida como uma das principais formas de conhecimento místico do judaísmo.
  • Os judeus são considerados aqueles que nasceram de mãe judia, ou também aqueles que foram convertidos na religião.
  • O kipá é uma espécie de chapéu utilizado nas sinagogas nas cerimônias, a mesma represente respeito ao ser divino.
  • O judaísmo não objetiva a conversão das pessoas, ou seja, não é um segmento de caráter missionário, diferentemente da doutrina cristã.
Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.