Édipo Rei

Édipo Rei ficou conhecido como um dos principais personagens da mitologia grega e também pelo nome dado a obra do dramaturgo Sófocles (496-406 a.C) conhecido pelas suas escritas de teor tragédias gregas. A obra foi publicada em 427 a.C e é considerada um dos pilares da psicanálise.

A peça durante a evolução da história é vista como uma das mais intrigantes e polemica em vistas de outras escritas pelo dramaturgo, tanto que ficou reconhecida como a mais procurada a ser vista nos teatros da Grécia.

A peça foi apresentada pela primeira vez na cidade de Atenas-Grécia a qual foi criada para disputar uma espécie de concurso, mas infelizmente o dramaturgo não conseguiu tirar o primeiro lugar e sim o segundo, mas com certeza ele deve se orgulhar pela proporção a qual sua obra tomou e ainda continua tomando nos dias atuais.

Aristóteles citou o mito de Édipo em sua obra “poética” a qual considerou a peça a maior tragédia do teatro grego. Vamos conhecer um pouco mais dessa obra tão emblemática?

Personagens da Tragedia

Toda ação que será narrada teve como cenário Tebas (Cadméia) e os personagens que compõem a narrativa são:

  • Édipo: É visto como o principal personagem da história e Rei de Tebas
  • Jocasta: Mãe e mulher de Édipo
  • Rei Laio: Na trama também é casado com Jocasta, com quem tem o filho Édipo
  • Servo: Identificado como ex-pastor e um criminoso que tenta matar o personagem principal.
  • Políbio: É o personagem que adota Édipo ainda criança e o cria como se fosse seu próprio filho.
  • Esfinge: Na trama é uma figura da mitologia grega metade mulher e metade homem e sempre propunha enigmas para as pessoas que encontrava pelo caminho.

Depois de conhecermos bem resumidamente os personagens, fato esse que é necessário para não se conhecer toda a história, agora vamos conhecer um pouco mais dessa narrativa tão misteriosa.

Resumo

No mito Édipo é casado com Jocasta e com ela teve quatro filhos, dois meninos e duas meninas, Jocasta era uma figura importante em sua cidade, vista como Rainha de Tebas e seu marido Édipo acabou levando o titulo por ter se casado com a mesma.

Naquela época Édipo recebeu a missão de consultar quem provocou a morte do rei anterior a ele que ficou sem solução, Édipo iniciou uma pesquisa sobre o passado que vai de encontro ao seu próprio passado.

Como sabemos o oráculo de delfos era um lugar muito famoso no tempo grego por transmitir mensagens e ensinamentos importantes ao seu povo, quando mais Jovem Édipo foi consultar o oráculo que o alertou que havia uma maldição terrível sobre ele a qual ele estava destinado a matar o próprio pai e casar com a sua própria mãe.

Assim, para evitar que isso acontecesse, Édipo não volta mais para cidade natal se afastando completamente dos seus pais no intuito que a maldição não se concretizasse, durante esse período Édipo percorre em direção a cidade de Tebas e durante a sua jornada se envolveu em uma briga na estrada e acabou matando um homem.

Posteriormente a isso o personagem decidiu continuar a sua viagem e quase chegando ao seu destino ele se defronta com um ser mitológico metade mulher e metade leão conhecida como a Esfinge que propôs enigmas para Édipo e se caso ele não acertasse seria devorado pela figura mitológica.

O enigma proposto pela figura foi: “Qual o animal que de manhã tem quatro patas, ao meio dia duas e a tarde três patas”, Édipo respondeu na hora, o animal era o homem. Édipo acertou o enigma e a Esfinge se jogou de um penhasco, pois conforme estava prometido se alguém acertasse o enigma a Esfinge seria destruída.

A situação se propagou entre os povos da cidade tanto que Édipo foi considerado um verdadeiro herói e como prêmio ele recebeu a mão da rainha Jocasta e passa a ser o rei de Tebas.

Retornando as pesquisas de quem tinha matado o rei anterior a ele, Édipo descobre que foi ele mesmo, sim, o homem que ele matou na estrada era o rei e o seu verdadeiro pai, conhecido como Lion, Lion também foi avisado pelo oráculo de delfos que sua sina era ser morto pelo filho, por isso ele sempre evitou ter herdeiros, mas quando Édipo nasceu ele mandou o matar, pedindo ao seu servo que abandonasse a criança em um lugar muito distante, assim o servo fez, perfurou os pés da criança e o pendurou em uma árvore para ser devorado por animais selvagens, mas Édipo foi salvo por um pastor que o levou para a cidade e o rei Pólibio o adotou.

Portanto, quando no passado Édipo fugiu da cidade para evitar seu destino ele na verdade foi empurrado para ele, pois foi nesse movimento que ele acabou matando o seu verdadeiro pai e se casando com Jocasta sua verdadeira mãe, percebendo que seu destino se concretizou:

“Oh” Ai de mim! Tudo está claro! Ó luz, que eu te veja pela derradeira vez! Todos sabem: tudo me era interdito: ser filho de quem sou, casar-me com quem me caseie e eu matei aquele a quem eu não poderia matar!

Jocasta após saber de toda história se suicida e Édipo desesperado fura seus próprios olhos.

Significado do nome Édipo

Na narrativa podemos ver que os pés de Édipo foram furados pelo servo do seu próprio pai e foi a partir daí que surgiu o seu nome “Édipo” que significa “ o de pés inchados”, o personagem foi colocado de cabeça para baixo na árvore para que as feras selvagens o devorasse, mas felizmente o menino foi salvo por um pastor.

Psicanálise

Como mesmo foi mencionado Édipo Rei pode ser entendido dentro da psicanálise como “Complexo de Édipo” conceito esse que foi criado por Sigmund Freud o pai da psicanálise em 1897 a qual buscou inspirações na tragédia grega do dramaturgo Sófocles, mas foi apenas em 1910 que formalizou o pensamento por completo.

No ano de 1924 o psicanalista publicou “A dissolução do complexo de Édipo” a qual conclui e abordou um estudo mais aprofundado acerca do assunto.

O “Complexo de Édipo” é identificado dentro da psicologia como um transtorno desenvolvido durante determinada fase da vida a qual acontece o desenvolvimento psicossexual do garoto e o mesmo começa a sentir atração pela mãe e desenvolver até certa rivalidade com a figura paterna, fato esse que pode começar a dar os primeiros sinais com 3 a 5 anos de idade.

Esse fator também pode acontecer de forma contrária, ou seja, quando a criança do sexo feminino começa a se sentir atraída pela figura paterna, ou seja, o pai, a qual se dá a conotação de “Complexo de Electra” criado pelo psiquiatra suíço Carl Gustav sendo também uma referencia a um mito grego a qual a personagem Electra teria mandado matar a própria mãe após descobrir os planos da mesma de matar o seu pai.

De acordo com Freud em suas palavras o Complexo de Édipo é:

“Designa o fenômeno psicológico resultante do comportamento emocional do triangulo filho-mãe-pai. A inter-relação desses três constantes deu origem a uma serie de fenômenos variáveis que foram agrupados sob o nome genérico” complexo de Édipo”.

Filme e peça (Édipo Rei)

A peça Édipo Rei ganhou as telas em 1967 na Itália com a direção de Pier Paolo Pasolini que lançou o filme em setembro do mesmo ano citado acima como uma nova nomenclatura “Édipo Re” traduzido pela língua italiana. O elencou contou com diversos atores talentosos como Silvana Margano que representou Jocasta, Franco Citti que fez o personagem principal Édipo, Luciano Bartoli que interpretou Laio e por fim Ahmed Belhachmi que fez Pólibo o pai adotivo.

Já no Brasil a trama foi interpretada como uma verdadeira peça a qual a atriz Elaine Giardini interpretou Jocasta e Gustavo Gasparini Édipo.

Análise

Analisando a trama e trazendo para o pensamento nos dias atuais podemos refletir o quão o destino pode ser pregador de peças em nossas vidas seja de uma maneira boa ou de uma maneira ruim e até mesmo perturbadora como aconteceu com Édipo.

Édipo tentou de todas as formas fugir do seu destino cruel, mas infelizmente acabou caindo em sua armadilha quando sem pensar matou um homem na estrada e casou-se com Jocasta, se ao menos conhecê-la de fato.

Em linhas gerais, a obra retrata temas importantes como a construção do que foi estudado posteriormente por Freud “Complexo de Édipo”, e as questões dos pais adotivos de Édipo nunca terem contado o ocorrido, pois se tivessem mencionado que não eram pais biológicos, talvez o destino de Édipo fosse diferente.

PARA SABER MAIS SOBRE ÉDIPO REI…

Abaixo estão disponíveis a história completa em vídeo e em pdf para melhor compreensão do assunto abordado:

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.