Feminismo

O feminismo é um dos assuntos mais discutidos nos tempos atuais, e não é por menos, o mesmo concebeu ideias de extrema importância acerca da questão de gênero e a luta pela igualdade entre homens e mulheres que felizmente é uma realidade que está tomando forma a cada dia mais.

Primeiramente é importante destacar o significado dessa palavra tão importante e até mesmo polemica para alguns no mundo contemporâneo a qual vivemos, feminismo vem do latim “femina, que significa” mulher”, esse conceito teve suas primeiras  nuances aproximadamente no século XIX, período esse em que movimentos importantes tomavam a frente ligada a  questões políticas, sociais e filosóficas.

Símbolo do Feminismo

Símbolo do Feminismo

Em linhas gerais, o feminismo pode ser entendido como um movimento político, filosófico e social que defende a igualdade de direito entre mulheres e homens.

HISTÓRIA DO FEMINISMO

Infelizmente a sociedade patriarcal no decorrer da história sempre colocou a figura do homem como o provedor de todas as coisas e sempre foi visto como o mais forte, inteligente e possuidor da capacidade de realizar todas as coisas, nesse contexto, por ter sido considerado por muito tempo a principal figura dentro de uma sociedade apenas o homem tinha o direito a educação, ao voto, a vida publica, direito de escolha e de fala.

Nesse cenário de dominação masculina a mulher era vista como o “sexo frágil” e apenas servia para os afazeres domésticos, o cuidar dos filhos e para fins sexuais, fato esse que por muito tempo e ainda continua sendo umas das principais causas de abuso e violência contra as mulheres.

As diferenças citadas acima eram consideradas naturais, mas com o passar do tempo a revolução das mulheres e o despertar da consciência para a busca dos seus direitos começaram a tomar forma e ficou conhecida como as “ondas feministas” alguns autores dividem esse movimento em três ou até mesmo quatro ondas:

A primeira onda do feminismo surgiu em meados de 1760 sendo marcada por diversos momentos históricos significativos para a história, considera-se como um marco da historia do movimento feminista a luta organizada pelas mulheres na busca pela igualdade de direitos e deveres, fase essa marcada pela revolução francesa que concebeu a declaração dos direitos dos homens e dos cidadãos, como podemos perceber o documento só trazia acerca dos direitos dos homens, sem incluir as mulheres, é nesse fator, que apareceu uma figura importante “Olympe de Gouges” (1748-1793) que proporcionou a primeira onda feminista. O primeiro ato reconhecido como feminismo foi em 1791 quando Olympe escreveu o documento que ficou conhecido como: “A Declaração dos direitos das mulheres e da cidadã” que propôs igualdade jurídica e política às mulheres.

Na primeira onda podemos citar alguns outros nomes importantes, como Mary Wollstonecraft (1759-1797) com a sua obra “Reivindicação dos direitos das mulheres” que foi publicado em 1792 a qual defendia a educação igualitária entre os gêneros, e no contexto brasileiro no ano de 1838 surge outra figura importante Nísia Floresta Augusta (1810-1885) que foi considerada a primeira ativista do movimento feminista e a primeira a fundar uma escola voltada apenas para a educação feminina.

Já á segunda onda do feminismo iniciou-se em meados dos anos 60 e permaneceu até meados dos anos 90 no século XX a qual teve como marco inicial protestos contra os concursos de Miss nos estados unidos. A segunda fase caracterizou-se como a fase de lutas pelos direitos reprodutivos e discussões acerca de assuntos importantes como sexualidade e gênero, podemos citar Simone de Beauvoir (1908-1986) como a principal figura do feminismo nesse período que lançou a sua importante obra “O segundo Sexo” que retratou uma das frases mais famosas e que resume bem o movimento feminista:

“Não se nasce mulher: torna-se uma” 

A terceira onda é vista como a mais rebelde dentre os movimentos citados, as mulheres nesse período começaram a entender realmente a importância da luta e com ela o reconhecimento do corpo como a sua propriedade sem que a sociedade ficasse ditando o que deveria ou não fazer, é nesse período que surge a frase tão conhecida:

“Meu corpo, minhas regras”

O corpo é uma questão central e o que é feito com o mesmo é uma escolha individual de cada um.

A onda proporcionou o acesso a discussões de assuntos importantes como o estupro, patriarcado, empoderamento feminino, sexualidade, surgindo assim o conceito de intersexualidade.

Alguns estudiosos acerca do assunto afirmam ter existido a quarta onda do feminismo que ficou marcado pelo uso das redes sociais como ferramenta para a organização do movimento e até mesmo visto como uma rede de apoio e trocas sobre o feminismo e a sua propagação como sinônimo de liberdade e igualdade.

SORORIDADE

E através de toda construção do feminismo surgiu uma palavrinha tão importante e que deveria fazer parte da vida de todas as pessoas, a sororidade, que nada mais é a união e a aliança entre as mulheres baseada na empatia e no companheirismo em busca de alcançar objetivos em comum.

Feminismo X Femismo

Femismo é o contrario de machismo a qual as mulheres são superiores aos homens e feminismo é a luta pela sociedade igual a qual podemos viver com nossas diferenças mesmo tendo os mesmos direitos e deveres.

E dentro do feminismo existem diversas vertentes do feminismo como o liberal, radical, o anarquista, marxista, lésbico, eco feminismo, dentre outros.

As vertentes são de extrema importância, pois possuem o poder de transformar a sociedade e principalmente de salvar vidas diariamente caminhando para um mundo que respeite as diferenças e com ela a grande diversidade humana.

MACHISMO

O machismo é visto em uma conjuntura de práticas sexistas a qual se tem a perspectiva da figura masculina como superior ao sexo feminino.

O mesmo é reconhecido pela ideologia do sistema patriarcal construído ao longo do tempo, visto como praticas e comportamentos machistas, vejamos a seguir algumas imagens que retratam bem esse comportamento horrendo:

É importante lembrar que o machismo não é contrário de feminismo, o feminismo vai de encontro com a opressão e o machismo não está empregado apenas em comportamentos voltados ao homem, infelizmente muitas mulheres ainda reproduzem frases machistas no dia a dia para outra mulheres, algo que é bem assustador e precisa urgentemente ser desconstruído.

REFLEXÃO

Com a construção do feminismo ao longo da história podemos perceber um cenário repleto de boas transformações sociais acerca das conquistas e principalmente a ampliação dos direitos das mulheres.

Essas Ações feministas foram decisivas para articular o caminho da igualdade entre gênero e mostrar a total independência e o empoderamento da mulher, mas, infelizmente, apesar de todos os avanços conquistados até aqui, a luta ainda não cessou, a luta ainda continua.

Infelizmente ainda se tem concepções equivocadas acerca do feminismo principalmente ideias voltadas em que as mulheres apenas precisam seguir o padrão colocado como não casar, ser livre, não usar produtos de beleza, enfim, o feminismo prega principalmente a desconstrução de estereótipos e principalmente a liberdade de fazer o que quiser desde que não haja amarras impostas pela sociedade e principalmente pelos homens.

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.