Dissacarídeos

Kit Só Escola Autismo

No primeiro momento a palavra não remete de fato o seu real significado, isso acontece, pois muitas pessoas não têm o conhecimento dos variados tipos de carboidratos contidos em alimentos consumidos no dia a dia que é um importante aliado para a geração de energia, ou seja, os dissacarídeos também conhecido como “açúcar duplo”, é um importante carboidrato constituído através da junção de dois monossacarídeos a partir de uma ligação chamada de ”Glicosídica”, tanto que em alguns livros a palavra carboidrato pode ser facilmente substituída por ”Glicídio”, ou, açucares, sacarídeos e hidrato de carbono.

Um pouco complexo esse processo de formação não é? Essas substâncias são formadas por compostos orgânicos que se constituem através de moléculas de carbono, oxigênio e hidrogênio. O Dissacarídeo é muito utilizado em adoçantes, isso mesmo, esse fenômeno acontece, pois o mesmo possui grande facilidade de solução na água e principalmente por possuir um teor bem adocicado, lembrando que nem todo carboidrato é doce.

Os três dissacarídeos mais conhecidos são a sacarose, a maltose, e a lactose, vamos conhecer as principais formulas e substâncias que se interagem nesses carboidratos?

EXEMPLOS DE DISSACARÍDEOS

Diante dessas informações iniciais, o dissacarídeo pode ser visto em alguns alimentos diferentes, na tabela abaixo confira os distintos tipos de dissacarídeos e os principais alimentos a qual podemos encontrá-los:

Maltose (glicose +glicose) Geralmente essa combinação de substâncias são encontradas na cevada: Lactose (glicose +galactose) A junção desses dois elementos podem ser encontrados no próprio leite;   Sacarose (glicose +Frutose) Essa combinação é extraída da cana-de-açúcar.

Veja abaixo algumas outras características importantes:

Sacarose

A Sacarose é encontrada principalmente no açúcar de cozinha advinda da cana de açúcar, o carboidrato ocorre entre a união da frutose+glicose, a sacarose é extraída da cana de açúcar e também através da cana de açúcar são feitos os bicombustíveis, não deixando de mencionar que o açúcar de cozinha também pode ser fabricado através da beterraba. Umas das principais características da sacarose e a sua principal vantagem é que a substância é rapidamente absorvida pelo organismo, ou seja, a mesma é uma fonte de energia imediata, veja a sua formula na imagem abaixo:

Dissacarídeos

Maltose

A maltose durante o seu processo de digestão no organismo há também a quebra do polissacarídeo de amido, a mesma pode ser encontrada em diversos alimentos, como os doces a base de frutas, batata doce, cereais, pães e na cerveja.

Lactose

Como mesmo mencionado a maltose é encontrada principalmente no leite e seus derivados, como queijo, manteiga, iogurte, doce de leite, dentre outros, diferentemente dos outros componentes não possui tanta quantidade de açúcar, ou seja, é um açúcar redutor, a quantidade mínima da lactose no leite processado chega a 5-8%, já no leite natural extraído da vaca 4-5%.

LIGAÇÃO GLICOSÍDICA

Como sabemos, os dissacarídeos ocorre a partir do momento em que há a união de dois açucares, chamada de ligação glicosídica, através dessa ligação é liberada uma molécula de água (H2O), isso ocorre através da perca do hidrogênio e da hidroxila, nesse sentido, conclui-se que o dissacarídeos é formado a partir de uma síntese por desidratação.

Ainda não ficou muito claro? Veja o esquema abaixo para um melhor entendimento:

Dissacarídeo é criado a partir da junção de 2 monossacarídeos à a molécula de água constituída é removida para que haja a união dos açucares à nesse sentido, há uma síntese de  desidratação ou reação de condensação à isso  ocorre através da retirada da molécula de água para unir os dois monossacarídeos.

Dissacarídeos

Nesse processo de desidratação, substâncias de teores secos são deixados e armazenados para posteriormente serem usados como ingredientes para a fabricação de outros alimentos.

Portanto, os dissacarídeos estão presentes em diversas composições químicas diversificadas consequentemente produzindo variadas combinações de carboidratos.

MONOSSACARÍDEOS

Dentre dos diversos tipos de alimentos existem variados carboidratos, esses carboidratos podem se diferenciar de acordo com a constituição e a complexidade de cada cadeia, essa classificação pode ocorrer de maneiras e formas diferentes:

Monossacarídeos

Os monossacarídeos, chamados também de açucares simples, na sua composição possui entre (3 c-7 c) de quantidade de carbono em sua estrutura, nesse sentido, se passar de 7 c, não pode ser mais considerado um monossacarídeos, portanto, a maioria dos monossacarídeos como os outros carboidratos, apresentam uma formula geral de constituição:

(CH2O) n,:

Os monossacarídeos são classificados de acordo com o número de carbonos contidos na cadeia, ou seja, o nome é constituído através da quantidade de carbonos refletidos em cada formula, veja o exemplo na imagem abaixo:

A Lactose é um tipo de açúcar encontrado no leite, muitas pessoas têm intolerância à lactose, pois não possuem enzimas da lactase que quebra o açúcar no leite.

MONOSSACARÍDEOS X DISSACARÍDEOS

Ambos os carboidratos possuem açucares simples, diferentemente dos polissacarídeos, que possuI variados tipos de açucares, vistos como carboidratos complexos, veja na tabela abaixo as principais diferenças entre ambos:

 DISSACARÍDEOS
Os dissacarídeos incluem a sacarose, lactose e a maltose;São compostos por dois monossacarídeos; Os dissacarídeos demoram mais para digerir certos alimentos no organismo; Para gerar energia para o corpo é necessário a conversão em componentes de monossacarídeos antes de serem digeridos pelo organismo;
MONOSSACARÍDEOS
Composto pela glicose, frutose e galactose.O corpo não precisa de tanto esforço para digerir os alimentos e consequentemente geram energia de forma mais rápida, ou seja, Produzem mais rapidamente a energia.

VOCÊ SABIA?

  • Como vimos acima, os três dissacarídeos mais conhecidos são a maltose, a lactose e a sacarose, mas você sabia que a partir do momento em que consumimos esses alimentos há uma quebra no organismo da ligação glicosídica dos dissacarídeos? Sim, e é através desse fator, que há a liberação de energia para o corpo, ou seja, os monômetros (células menores) são liberados e absorvidos como principais fontes de energia. 
  • Alguns tipos de dissacarídeos são modificados para serem consumidos por pessoas com diabetes tipo 2 possibilitando que a entrada de açúcar no sangue seja em menor quantidade , nesse sentido os  indivíduos tem a possibilidade de  usufruir de alguns alimentos que por conta da diabete teriam que necessariamente excluir da dieta diária. Por mais que a glicose esteja ainda presente no sangue, com a ingestão dos dissacarídeos os picos de açúcar são menores e consequentemente são absorvidos no corpo com maior facilidade.

ATENÇÃO: Atenção é necessário que os diabéticos limitem o consumo excessivo dos dissacarídeos, uma vez que se esses tipos de alimentos forem consumidos de forma alternativa com outros pode ocasionar problemas gastronômicos, como a diarreia.

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.