Ciclo Celular e suas Fases

Kit Só Escola Autismo

Sabemos que as células possuem dois estágios, em um momento está em intervalo e no outro momento ocorre à divisão celular, nesse sentido, esses estágios estão sempre se alternando entre si gerando assim o Ciclo Celular.

Os dois momentos citados acima são chamados de interface e a mitose, a mitose é a divisão celular mais comum do organismo, ambos estão alternados no ciclo celular. Portanto, esse ciclo é de suma importância para o período de vida da célula, assim como nós, que nascemos, crescemos e nos reproduzimos, a célula também necessita dessas etapas, pois, nosso corpo é composto por diversas delas, e as mesmas, se constituem e se reproduzem a todo o momento.

Claro, que há células que demoram um pouco mais para se reproduzirem no corpo humano, principalmente aquelas contidas no órgão do fígado, ou seja, o ciclo celular pode levar em média cerca de um ano, diferentemente de outras partes do corpo, como o crescimento do cabelo, das unhas, a cicatrização de alguma ferida, essas células tem o poder de ciclo mais rápido para assim se renovarem novamente.

Como mesmo citado acima, o clico celular acontece em duas fases principais: Interfase e a mitose.

Vamos compreender um pouco como cada etapa ocorre?

AS PRINCIPAIS FASES

Sabemos que a mitose é quando uma célula se divide em duas iguais, ou seja, são geneticamente idênticas, a mitose possui funções importantes como a de regeneração, renovação de tecidos, crescimento em organismos multicelulares e a reprodução de organismos unicelulares.

A mitose basicamente está ocorrendo em todo nosso corpo, lembrando, que há células que se dividem com mais freqüência em comparação a outras células, mas de maneira geral, todas as células do corpo humano sofrem o processo de mitose.

Portanto, para que essas células idênticas sejam constituídas, no primeiro processo existe apenas uma única célula na divisão que terá que duplicar o seu DNA, ou seja, antes da mitose existe um período no ciclo celular que ainda não está dividido, chamado de interface.

Veja também: Código Genético

Interface

A interface é a primeira fase do ciclo e divide-se em: Fase G1 que dura aproximadamente 9h, a fase S que dura cerca de 10h e é a mais longa, e por fim, a fase G2, que dura aproximadamente 4h30 e depois desse processo, surge à fase da mitose, que é bem mais rápida, durando apenas 30 minutos. Veja um exemplo na imagem abaixo:

A fase G1 que é a primeira fase da célula ocorre o crescimento celular e consequentemente o aumento do numero de organelas, também há o aumento excessivo de RNA e proteínas, nessa fase os cromossomos ainda estão simples dentro do núcleo, e na etapa final da fase G1 tem o ponto de checagem, esse ponto é para identificar se a célula cresceu o suficiente e se o ambiente está favorável para a divisão celular, ou seja, é o momento de analise geral de tudo que foi constituído nas últimas nove horas de procedimento.

Já a etapa S é o momento da síntese, ou seja, é nessa fase que há a duplicação do DNA, o DNA precisa ser duplicado, pois se no momento da divisão das células isso não ocorrer, vai ficar a metade de um único DNA pra cada lado, assim, o DNA, necessita ser duplicado para ser igual nas duas células, nessa fase também há a duplicação dos centríolos, que são estruturas fundamentais dentro da mitose.

E por fim, a fase G2 que antecede a etapa da mitose, igualmente a fase G1, a fase G2, também possui uma etapa de checagem necessária, nesse sentido, a célula analisa se todo DNA foi duplicado corretamente e se a mesma cresceu o suficiente para entrar no processo da mitose.

Não deixe de conferir: Composição do Ar.

MITOSE

A fase da mitose é dividida em quatro: Prófase, Metáfase, Anáfase e por fim, a telófase.  No final do processo da interfase a célula já terá formado o seu DNA e o seu centrossoma duplicados, ou seja, é nesse momento, que a célula está pronta para ocorrer à divisão.

Fonte: https://blog.biologiatotal.com.br/mitose-para-somar-e-preciso-dividir

Na primeira etapa chamada de prófase ocorre à condensação dos principais cromossomos, por estar duplicados, cada cromossomo carrega uma molécula de DNA, ligados pelo centrômero.  Outro fator importante é que ocorre a formação do fuso mitótico e por fim, o núcleo começa a se desfazer, assim como mostra a imagem acima.

Já a segunda etapa é a metáfase, os cromossomos são alinhados no meio para a divisão exata das células, nessa etapa também há a máxima condensação para evitar supostos erros, assim, todos os cromossomos têm que estar necessariamente ligados a fibra do fuso, ocorrendo por fim, outro ponto de checagem.

A terceira fase conhecida como Anáfase, acontece o primeiro principio de separação das células, isso ocorre, quando as fibras do fuso começam a puxar as cromátides para lados opostos, ocorrendo assim à separação e cada cópia do DNA fica de um lado.

Finalmente, a última etapa, a telófase, diferentemente das outras etapas, descondensa o DNA, isso é necessário para que as células voltem em sua transcrição dos genes, ocorrendo finalmente à citocinese, que a divisão das duas células filhas idênticas, iniciando novamente um novo ciclo celular.

Outros artigos que você pode ler: Amido e Carboidratos.

FALHA NO CICLO CELULAR E O DESENVOLVIMENTO DE TUMORES         

Portanto, como podemos perceber o ciclo celular é muito controlado e especifico em cada etapa, se houver algum erro ou descontrole nesse ciclo, pode ocorrer à formação de células tumorais, vistas também como células defeituosas, que podem ocasionar problemas sérios ao organismo, entretanto, existem formas para que esse processo defeituoso seja reparado por alguns sistemas de controle evitando a proliferação de outras células defeituosas.

Mas, infelizmente há casos em que o sistema de reparação não surge efeito, assim, a célula passa por um processo complexo conhecido como: “Morte celular programada”.

Existem diversos casos que o sistema de reparo já é defeituoso, permitindo assim a proliferação de outras células imperfeitas, as mesmas se dividem de forma individual não formando um tecido celular, assim, acaba constituindo uma única massa de células e como resultado a formação de um tumor que pode ser benigno ou maligno, o benigno pode ser removido cirurgicamente sem ocasionar grandes danos à saúde.

VOCÊ SABIA?

  • Você sabia que a meiose igualmente a mitose também faz parte de um processo de divisão celular, a diferença é que enquanto a mitose em seu processo de ciclo produz muitas células novas, a meiose não possui essa mesma característica reprodutiva, sendo que constitui apenas quatro células filhas que são geneticamente modificadas.
Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.