Canibalismo

Kit Só Escola Autismo

O canibalismo sem sombras de dúvida é um dos assuntos mais aterrorizantes já vistos, e infelizmente ainda se vê muitos casos de canibalismo no Brasil e por todo mundo, mas afinal, o que é canibalismo?        

O Canibalismo pode ser entendido de duas formas, tanto no mundo animal e humano (antropofagia), isso mesmo, no mundo animal é identificado como um tipo de relação ecológica em que uma espécie se alimenta da mesma espécie.

Esse tipo de relação é desarmônica, pois apenas um animal se beneficia enquanto o outro sofre sérios prejuízos, isso também pode ser visto no predatismo, a diferença é que nesse tipo de ligação os predadores se alimentam de animais de espécies distintas (interespecífica).

Já no nosso mundo carne e osso, infelizmente ainda há relatos de canibalismo humano conhecido também como antropofagia, quando uma pessoa sente vontade de comer carne humana. Assustador não é?

A palavra canibalismo é um substantivo masculino e deriva do espanhol “Caribe”, “Caribales” ou Caníbales”, que significa pessoa que consome carne humana (antropófago) e animal que devora outros animais da mesma espécie.

Vamos conhecer as principais características do canibalismo?

CANIBALISMO EM ANIMAIS:

O canibalismo animal é muito comum e é praticado principalmente quando o alimento para alguns tipos de espécies é bem escasso, servindo também como uma ferramenta de controle da população.

Infelizmente esse tipo de relação pode ser visto principalmente em espécies de aves, canídeos e felinos, que devido ao grande estresse submetidos em cativeiros, acabam comendo os próprios filhotes, isso pode ocorrer também por fatores hormonais.

Veja abaixo alguns exemplos:

1. GATOS

Canibalismo Gato

O canibalismo nessa situação pode ocorrer quando os filhotes nascem com algum tipo de deficiência, deformidade ou doença, e como mecanismo de proteção, a fêmea deduz que o filhote não é capaz de sobreviver, nesse sentido, toma a decisão de come-lo, para o mesmo não transmitir nenhum tipo de doença ao resto da ninhada. Além desses fatores, isso também pode acontecer devido a algum estresse, falta de instinto maternal, ou até mesmo, o não reconhecimento das crias.

2. Peixes Guppies

Canibalismo (Peixes Guppies)

Com certeza você deve ter observado esse tipo de canibalismo em algum aquário ou até mesmo no seu próprio aquário, isso ocorre quando algumas espécies de peixes para não perder o espaço já conquistado, comem os próprios filhotes para não haver o aumento populacional dentro do aquário.

3. Formigas

Canibalismo (Formigas)

O canibalismo também pode ocorrer em algumas espécies de formigas, é quase o mesmo processo de outras relações que já mencionamos aqui, as mesmas comem as formigas jovens e doentes, e se caso vier a faltar comida, também podem se alimentar de formigas sadias.

4. Louva-deus fêmea

A louva -deus-fêmea logo após a reprodução, se alimenta do macho para garantir os nutrientes necessário aos filhotes, esse tipo de relação, também pode ocorrer em algumas espécies de aranhas:

5. Leão

O leão quando avista uma fêmea com filhotes para conquistar a liderança da prole, acaba os devorando, nesse cenário, a fêmea se vendo sem as crias, acaba deixando ocorrer o processo de fecundação pelo macho líder.

Dentre esses animais citados, algumas espécies de aranhas costumam praticar o ato como forma de obter ovos mais saudáveis, grande parte das cascavéis tem costume de comer os filhotes recém nascidos como forma de recuperar a própria saúde, isso acontece também com os tubarões e chimpanzés.

CANIBALISMO HUMANO       

O canibalismo humano conhecido também como antropofagia, ocorre quando uma pessoa sente a necessidade de se alimentar de partes do corpo humano, essa prática era muito vista em tempos pré-históricos.

Esse ato geralmente era muito cultuado em rituais religiosos, espirituais e até mágicos visto que ainda possui muita relação muito grande com os dias atuais, acreditava-se que a partir do momento em que a carne humana era consumida, o líder do grupo da tribo obteria todas as características de personalidade do indivíduo consumido.

Muitos filmes já retrataram as tribos como principal palco dessa monstruosidade, uma vez que alguns viajantes como Hans Staden já mencionou ter avistado o ato de canibalismo como principal ritual nessas tribos.

Nos dias atuais há relatos que ainda algumas tribos praticam esses cultos, temos como exemplo a região da África Ocidental e Central, Austrália, Nova Guiné, e algumas ilhas da Polinésia, Fiji e Nova Zelândia.

Por fim, o canibalismo é o ato de comer uma ou várias partes do corpo humano, a pratica era encontrada em algumas comunidades ao redor do mundo, a maioria dos casos consistia em uma espécie de ritual, mas algumas pessoas o realizam pelo simples prazer de experimentar a carne humana.

Assustador não é?

CASOS DE CANIBALISMO

  1. Povo Asmat da Nova Guiné: Um pesquisador chamado Maicon, nascido em uma família de muitas poses , deu como desaparecido no ano de 1961, isso ocorreu quando o pesquisador entre as suas pesquisas, resolveu ir visitar os povos asmáticos, que se localizavam em um região remota na indonésia, o local era muito isolado e afastado de tudo, devido a isso, as tribos asmáticas seguiam as suas práticas bem peculiares de canibalismo sem qualquer interferência das autoridades, até hoje não se sabe o que aconteceu com o jovem pesquisador, mas algumas pessoas contam que Maicon foi servido de alimento para os indígenas.
  2. Fome na Coreia do Norte: A população da coreia do norte possui uma ditadura de extremo comunismo, a qual milhares de pessoas acabam vivendo na extrema miséria, o regime levou a fome generalizada, visto que alguns casos de canibalismo chegaram a ser noticiados na imprensa da Ásia, tanto que houve um relato forte, a qual o pai matou os próprios filhos para consumi-los.
  3. Partido Donner: O partido Donner foi um grupo de 87 prisioneiros americanos que durante o percurso para a américa ficaram presos na neve, quando a ajuda chegou para resgata-los, apenas 48 dos 87 homens permaneceram vivos, visto que surgiram diversas perguntas do que de fato tinha acontecido com as outras pessoas do grupo, grande mistério não é?
  4. Fome na Ucrânia: Em 1932 a ucrânia estava sofrendo com uma ditadura comunista liderada por um dos ditadores mais cruéis de todos os tempos, Josef Stalin, o mesmo deixou toda população na miséria, uma vez que os povos foram obrigados a recorrer a pratica do canibalismo humano, isso se deu pela escassez de alimento.
  5. Fome na china: A fome na china em 1959 também foi um dos casos recorrentes da pratica canibais, isso deu pelo fato do ditador comunista da época praticamente acabar com a metade da china, visto que deixou milhares de pessoas sem alimentos, levando-as a recorrer ao canibalismo.

CURIOSIDADES

  • Segundo alguns depoimentos perturbadores de canibais que ficaram “famosos” pelos seus crimes de canibalismo, alegaram que a carne humana possui o mesmo sabor que a carne suína.
  • O consumo de carne humana crua pode provocar o “Kuru” que é uma espécie de contaminação gradual, pois pode levar em média um ano para levar a pessoa a morte.
  • A pratica do canibalismo é entendida em três principais categoria: O “endocanibalismo” que geralmente é praticada em rituais de tribos, e o “exocanibalismo” que é praticado com a crença que comendo a carne da pessoa é possível obter a sua força e vitalidade, e o “auto canibalismo” pois como o mesmo nome induz, é praticado por pessoas que comem pedaços de si mesmas.
  • Atualmente o canibalismo é conhecido como um ato horrendo, mas em tempos remotos, como na idade médica, o canibalismo era visto como algo medicinal, ou seja, o consumo de carne humana estava relacionada a certos tratamentos: como dores de cabeça, artrite, feridas profundas e reumatismo.

Antropofagia com certeza é um assunto que desperta muito interessante entre as pessoas, infelizmente muitos casos já foram noticiados como mesmo visto acima, esse ato também pode estar muito ligado a transtornos mentais graves.

Portanto, alguns profissionais da área mental, especificam que aqueles que praticam canibalismo não sentem empatia pelas outras pessoas, uma vez que o canibalismo é considerado uma forma de doença mental, tirando questões de sobrevivência ou rituais culturais.

 Os canibais na maioria dos casos são diagnósticos como esquizofrênicos ou psicopatas, isso significa que não possuem empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro, dessa forma eles não julgam os atos como incorretos, por mais terríveis que possam vir aparecer.

Veja também:

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.