Anemia

Kit Só Escola Autismo

A anemia é uma deficiência na produção dos glóbulos vermelhos (eritrócitos ou hemácias) que transportam o oxigênio para todos os tecidos do corpo, a falta desses glóbulos afeta principalmente o fluxo de oxigênio para esses tecidos.

 A anemia pode ocorrer também pela baixa concentração da hemoglobina (Hb) que também é responsável pelo transporte do oxigênio para os pulmões e dá o pigmento necessário aos glóbulos vermelhos no sangue, a deficiência desses fatores podem afetar principalmente os músculos, o sistema nervoso central e o coração.

Anemia

Essa condição é muito comum, estima-se que há por volta de 2 milhões de casos por ano, visto que é sempre necessário um diagnóstico médico para as devidas orientações.

Mas atenção, a anemia pode ser evitada com o bom consumo de alguns nutrientes essenciais para o nosso corpo como o ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas, se caso houver a carência desses nutrientes, a anemia pode dar as caras, lembrando que, a perda de sangue ou algumas doenças hereditárias ou adquiridas podem ser fatores de riscos.

Alguns dados fornecidos pela OMS (Organização Mundial da Saúde) consta que cerca de 27% a 50% da população possui alguma deficiência desses nutrientes, principalmente do ferro, visto como o mais comum e o principal do nosso corpo.

Infelizmente, como sabemos, muitas pessoas não possuem meios para se alimentarem de forma correta, isso se dá principalmente em populações de baixa renda e consequentemente afeta o desenvolvimento saudável do corpo.

No território brasileiro, a taxa de crianças com anemia é alta e preocupante, cerca de 40% a 50% das crianças menores de dois anos são anêmicas, visto que mulheres são mais propensas a desenvolverem a doença, mas homens e idosos também não estão fora dessa lista.

OS TIPOS DE ANEMIA

Muitas pessoas desconhecem que há alguns tipos de anemia, ou seja, a mesma não acontece da mesma forma e da mesma maneira, veja abaixo:

1. Anemia Por carências Nutricionais.

A anemia por carências nutricionais podem ocorrer de duas maneiras:

  • Anemia Ferropriva: Essa anemia é a mais comum, visto que está presente em praticamente em todos os casos, chegando a 90%, geralmente ocorre pela falta/deficiência de ferro, o ferro pode ser encontrado em carnes, legumes e principalmente em vegetais de coloração escura. O nutriente é um importante aliado, pois atua diretamente na fabricação de novas células vermelhas e consequentemente no transporte de oxigênio.  Agora, você sabia que o ferro tem uma grande participação na coloração dos glóbulos vermelhos? Isso mesmo, isso ocorre devido a reação química entre os dois componentes contidos na hemoglobina. Portando a anemia ocorre quando o corpo não absorve bem esse mineral e também por certas restrições alimentares.
  • Anemia Megaloblástica: Assim como a anemia Ferropriva, a anemia megaloblástica se constitui também pela falta de algum nutriente, como a vitamina B12, a mesma atua como grande aliada ao sistema nervoso, a maioria dos alimentos de origem animal contém uma insuficiência significativa desse componente tão importante. A vitamina é muito indicada principalmente na fase gestacional e o período de amamentação, visto como um importante suplemento nutricional.

2. Anemia motivada a partir de perdas sanguíneas.

  • Sim, a anemia pode ocorrer em momentos de grandes fluxos sanguíneos, como períodos menstruais, cirurgias, verminoses, dentre outros acontecimentos que ocorrem pela perda aguda ou até mesmo crônica do sangue que pode acarretar problemas sérios a saúde como o aparecimento da anemia.

3. Anemia ocasionada por doenças

  • Doenças da Medula Óssea: Algumas doenças da medula óssea como leucemias e tumores podem levar a anemia, isso ocorre em decorrência a alguns  tratamentos agressivos dispostos nas quimioterapias e na rádio, a anemia pode  ocorrer em dois tipos: Anemia Aplástica que ocorre pela falta de produção de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas, e a anemia hemolítica ocorre quando os glóbulos vermelhos são destruídos de forma muito rápida, nesse sentido a medula óssea não dá conta de repor o necessário.

Infelizmente há outras doenças crônicas associadas, como doença renal, câncer, doenças reumatologias, hipotireoidismo, gastrite, ulcera no estomago, alimentação não saudável, dentre outras.

PRINCIPAIS SINTOMAS

É muito importante ficar atento aos sintomas da anemia, isso é de suma importância, pois esses mesmos sintomas podem ser confundidos com outras doenças, visto como indícios inespecíficos, veja abaixo os principais sintomas:

  • A anemia em alguns casos pode ocorrer a falta de ar;
  • Dores na cabeça constantes;
  • Dores graduais no peito;
  • Fadiga e fraqueza;
  • Mãos e pés gelados;
  • Surgimento de alguns desejos estranhos como: Comer tijolo, sabonete, terra, gelo, dentre outros não comestíveis;
  • Coração acelerado;
  • Frequência de Tonturas;
  • Cansaço excessivo;
  • E geralmente falta de apetite.

Importante ressaltar que muitas pessoas não apresentam esses sintomas e muitas das vezes pode vir a descobrir a doença após um exame de rotina, isso pode ocorrer pelo fato do paciente não praticar muitos esforços no dia a dia, fazendo com que os níveis de hemoglobina se mantenha normais, mas, nos casos em que há movimentações mais intensas e integrais, os sintomas podem aparecer até em momentos de repouso.

GRUPOS DE RISCOS

Infelizmente há pessoas que são mais propensas a terem a anemia, vistas como grupos de riscos:

  • Crianças em fase de desenvolvimento;
  • Mulheres em período gestacional e também na fase de amamentação;
  • Adolescentes em fase de crescimento;
  • Idosos que devido alguns problemas de saúde tem a alimentação alterada e até mesmo prejudicada;
  • Pacientes que passaram por algum tipo de cirurgia, principalmente aquela ligada a obesidade, como a bariátrica;
  • Pessoas que necessitam seguir dietas restritivas;
  • E, indivíduos com algum tipo de doença crônica.

CONSEQUÊNCIAS A SAÚDE

A anemia, principalmente a Ferropriva, pode ocasionar alguns problemas de saúde, como o aumento de doenças, o sistema imune fica em grande parte comprometido abrindo portas para possíveis infecções.

Na fase de desenvolvimento da criança pode haver a redução do crescimento e comprometimento da aprendizagem.

Já nos adultos pode ocorrer da mesma maneira, havendo a perda da produtividade seja no trabalho, em casa, enfim, na vida em geral.

DIAGNÓSTICO

Como mesmo vimos, o diagnóstico é de suma importância, é necessário procurar um médico especializado e a partir disso conferir todo o histórico médico e familiar, exames físicos, e principalmente o exame de sangue que irá definir o resultado especifico da doença como o hemograma.

O hemograma detecta os níveis de glóbulos vermelhos no sangue, dessa forma, consegue apontar os níveis normais e anormais desses mesmos glóbulos estabelecendo as possíveis causas.

Além do hemograma, alguns outros exames podem ser pedidos, como a dosagem de ferro e a vitamina B12 para detectar possíveis outros fatores.

Com o exame realizado, geralmente estão especificados os níveis normais de hemoglobina:

  • 13 g/dl para homens;
  • 12 g/dl para mulheres;
  • 11 g/dl para mulheres gestantes e crianças entre 6 meses e 6 anos de idade.

TRATAMENTOS

O tratamento pode ocorrer de algumas formas, se caso a anemia for provocada pela carência de nutrientes, o médico irá passar medicamentos suplementais a esses nutrientes perdidos, como sulfato ferroso, folato, ferro dextrana, maltol férrico,  e até mesmo vitamina B13, é muito importante que a dieta seja mudada e que alguns alimentos sejam colocados no dia a dia para melhores resultados, como carne vermelha, beterraba, vísceras, como fígado, miúdos e  coração, peixe, ave, hortaliças, e até mesmo alguns alimentos industrializados como farinha de trigo e milho.

Agora, a anemia ocasionada pela perda continua de sangue é necessário tratamentos específicos e alternativos, temos como exemplo, mulheres que no período menstrual possuem um fluxo bastante intenso, muitas delas são orientadas a adotar métodos contraceptivos.

Veja também:

PREVENÇÃO

A anemia é muito fácil de ser evitada, basta ter uma alimentação balanceada e rica com a ingestão de frutas, carnes, ovos, cereais integrais, verduras e legumes.

Atenção, pessoas que possuem hábitos veganos, devem ter orientação nutricional para manter a saúde em dia e repor carências de alguns nutrientes importantes.

Ah! O consumo excessivo de álcool pode ocasionar anemia!!! Cuide de sua saúde, cuida de você!

Kit Alfabetização Só Escola
TURBINE O APRENDIZADO DO SEU PEQUENO! Com o KIT SÓ ESCOLA seu filho ou aluno vai reforçar e/ou acelerar o processo de alfabetização. São centenas de atividades educativas lúdicas e atualizadas.